sexta-feira, 31 de julho de 2009

Gala Lusavox mostra sábado talento musical de luso-descendentes

Uma dezena de músicas originais de luso-descendentes estarão sábado a concurso na terceira edição do festival de talentos Lusavox, que será transmitida pela RTP a partir das 21h (hora de Lisboa), em directo do Centro de Congressos do Arade, em Portimão.

Na edição deste ano, o júri seleccionou 10 temas entre cerca de meia centena de candidaturas a concurso provenientes de 11 países de emigração portuguesa.

Entre as canções escolhidas, estão originais de autores provenientes da Alemanha, Brasil, Canadá, Estados Unidos, França, Reino Unido e Suíça.

Desse festival sairão dois vencedores: um eleito pelo júri, cujo prémio é a gravação de um CD, e outro escolhido pelo público, que receberá um prémio de 5.000 euros.

Uma iniciativa do gabinete do secretário de Estado das Comunidades, em conjunto com o portal Sapo, Valentim de Carvalho, RDP e RTP, o Lusavox é dirigido aos portugueses e luso-descendentes que residem no estrangeiro e pretende descobrir talentos musicais nas comunidades portuguesas.

Este ano, o festival tem como director musical o músico Pedro Abrunhosa.

Os trabalhos a concurso têm de ser originais, mas as letras das canções concorrentes não têm de ser totalmente em Português. No entanto, o regulamento prevê que pelo menos uma estrofe seja em língua portuguesa.

Os participantes no concurso têm de estar inscritos no respectivo consulado há pelo menos um ano.

O secretário de Estado das Comunidades, António Braga, manifestou já a intenção de, a partir da edição do próximo ano, alargar o festival a áreas como a ciência, a pintura e a literatura.

Última hora - já há 61 casos de Gripe A no Luxemburgo (actualizada)

Há mais 25 casos de gripe A no Luxemburgo desde o balanço anterior da Direcção de Saúde, de 24 de Julho, aumentando a contagem global para 61 casos, segundo comunicado de imprensa divulgado há instantes.

Numa semana, registaram-se 25 novos casos, mais sete que na semana anterior, quando a Inspecção Sanitária contabilizava 18.

A maioria dos doentes (oito) regressara de Espanha, cinco do Reino Unido, cinco de França e um da Malásia. Duas pessoas foram contagiadas em contacto com um doente. Nos quatro restantes casos, a Direcção da Saúde luxemburguesa não sabe precisar a fonte de contágio.

Na nota enviada esta sexta-feira à imprensa, as autoridades sanitárias avançam ainda que o estado de saúde dos pacientes "evoluiu de forma favorável em alguns dias, mesmo sem tratamentos anti-virais".

Na última semana, a Direcção da Saúde efectuou uma média de trinta análises diárias, registando entre dois a quatro casos positivos por dia.

Ontem o CONTACTO avançara já que o número de casos subira para 54, entre eles alguns portugueses.

Crónica: "Vê-se o fumo, falta o fogo!"

O Bloco de Esquerda acusou José Sócrates de abusar do aparelho de Estado para fazer tráfico de influências. O porta-voz do PS desmentiu, mas Francisco Loução manteve a acusação. Tudo por causa de um convite do PS à militante do Bloco, Joana Amaral Dias. Manuela Ferreira Leite esteve retida em casa, com uma gripe de que muitos duvidam.

O Bloco de Esquerda animou a actualidade política do último fim-de-semana, ao acusar José Sócrates da prática de tráfico de influências, usando para isso o aparelho de Estado.

De acordo com Francisco Louçã, tudo terá começado com um convite do primeiro-ministro à militante e antiga deputada do Bloco de Esquerda para integrar as listas do PS, em segundo lugar, pelo círculo de Coimbra. Joana Amaral Dias terá recusado e, na recarga, Sócrates ter-lhe-á prometido um lugar na direcção de um instituto público da área da saúde, em troca do apoio de Joana Amaral Dias à lista do PS. Este segundo convite terá sido também recusado.

José Sócrates negou os dois episódios, mas Louçã manteve a acusação. Para a opinião pública, "este mato deve ter algum coelho", porque Joana Amaral Dias, além de nascida em Coimbra, provém de uma família de prestígio na cidade. Os pais são médicos conhecidos e o avó era o catedrático da Faculdade de Medicina Nunes Vicente, apelidado por muitos sectores como o fundador da psiquiatria portuguesa.

Já se percebeu que o assunto comporta algum melindre para os socialistas que pretendem silenciá-lo. Pelo contrário, o Bloco de Esquerda está a usá-lo como arma de campanha e é bem possível que a líder do PSD, no regresso à actividade, venha também falar no assunto.

Manuel Ferreira Leite cancelou todos os compromissos, desde sexta-feira, por se encontrar retida em casa, com gripe. Mas muita gente duvida da desculpa, que parece forjada para evitar Alberto João Jardim, por dois motivos, qual deles o mais incómodo. A líder estava convidada para participar na festa anual do PSD/Madeira e, se fosse à ilha, seria com toda a certeza confrontada com o desejo expresso, há dias, por Alberto João Jardim, para que, no futuro, a Constituição da República proibisse o comunismo.

Mas há um segundo factor de desconforto que os jornalistas não deixariam passar em claro. Há um ano, o irrequieto Alberto João Jardim não convidou a líder do partido para esta festa, argumentando que Manuela Ferreira Leite seria incapaz de ganhar umas eleições. Por essa incapacidade, não seria convidada. Este ano, mudou de ideias, mas a presidente do partido, afectada por uma gripe, preferiu ficar em casa.

O Presidente da República, de visita à Áustria, voltou a falar da possibilidade de um futuro governo PS/PSD, facto que desencadeou muitas críticas em círculos partidários e entre os analistas. Desde logo porque, ao admitir a possibilidade de um novo bloco central, Cavaco Silva está implicitamente a reconhecer que o partido vencedor das próximas eleições não terá maioria absoluta. Tratando-se de um sentimento geral, a verdade é que o Presidente da República não deve deixar escapar os seus vaticínios, sob pena de vir a ser acusado de estar a pressionar o eleitorado.

Curioso é também o facto de a investigação ao caso do Banco Português de Negócios estar a produzir noticiário abundante que ainda não foi tema da campanha eleitoral. Depois de Dias Loureiro e Oliveira e Costa, outra figura do cavaquismo, o antigo ministro da Saúde, Arlindo de Carvalho, foi constituído arguido. A Polícia Judiciária está interessada em apurar a origem da fortuna que construiu, ele que começou a sua vida como técnico de som da Emissora Nacional, licenciando-se já em idade madura, como trabalhador-estudante.

Ao fim de oito meses de prisão preventiva, Oliveira e Costa foi colocado em prisão domiciliária, com pulseira electrónica. De acordo com relatos da imprensa, foram colocados em sua casa alguns equipamentos de detecção para lhe controlar os movimentos. Esta medida de benevolência está a ser interpretada como o largar de uma batata quente, porque as investigações têm apurado responsabilidades de outras pessoas semelhantes às que são imputadas a Oliveira e Costa. Logo, se fossem todos avaliados pela mesma bitola, mais gente iria parar à prisão.

Sérgio Ferreira Borges,
analista político
(o autor publica semanalmente a coluna de política "Avenida da Liberdade" no CONTACTO)
.

Mundiais de Natação: Cinco novos recordes grão-ducais

Os nadadores grão-ducais alcançaram no Campeonato do Mundo de Natação, em Roma, cinco novos recordes nacionais.

Cristine Mailliet melhorou o recorde nacional de 100 metros mariposa, com a marca de 1'02''22, acabando na 58a posição. Raphaël Stacchiotti é 110o nos 50 m mariposa, com 25''87, mas longe dos 25''09 já conseguidos. No entanto, o atleta luxemburguês conseguiu novos recordes nacionais em 400 (3'57''34) e 200 metros livres (1'49''61). Laurent Carnol nadou os 100 metros bruços em 1'02''27, estabelecendo também ele um novo recorde nacional, tal como Sarah Rolko, que melhorou a marca luxemburguesa nos 100 m costas, completados em 1'02''97.

Ministro dos Negócios Estrangeiros luxemburguês e Hillary Clinton encontram-se em Washington


O ministro dos Negócios Estrangeiros luxemburguês encontrou-se esta quinta-feira com a secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton, em Washington, na que foi a primeira visita oficial de Jean Asselborn desde que o novo Governo tomou posse.

Um encontro amigável que acabaria por se prolongar para além da hora inicialmente acordada. "A corrente passou", disse Asselborn ao Wort.

Hillary elogiou os esforços efectuados pelo Executivo luxemburguês em matéria de cooperação fiscal e financeira, considerand o recente acordo assinado entre os dois países para evitar a dupla tributaçao "exemplar". Recorde-se que até há duas semanas, o Grão-Ducado figurava na lista cinzenta dos paraísos fiscais da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económicos (OCDE), onde constava desde Abril. O Luxemburgo assinou entretanto 12 acordos de troca de informações fiscais, o mínimo necessário para passar a constar da lista "branca".

Durante o encontro, Jean Asselborn e Hillary Clinton discutiram ainda a questão iraniana, a Rússia, a situação nos Balcãs e no Afeganistão e as relações transatlânticas.

Futebol: Inglaterra - Morreu Bobby Robson, antigo treinador de FC Porto e Sporting

O antigo treinador de futebol Bobby Robson, que em Portugal orientou o FC Porto e o Sporting, morreu hoje, aos 76 anos, confirmou a família.

De acordo com um comunicado da família, Bobby Robson “perdeu a sua longa e corajosa batalha contra o cancro e morreu, em paz, na manhã de hoje, na sua casa do condado de Durham, com a mulher e a família ao seu lado”.

Bobby Robson, que enquanto futebolista representou a selecção inglesa nos Mundiais de 1958 e 1962, sofria de uma doença cancerígena e já tinha sido submetido a cinco operações.

Em Portugal, Bobby Robson orientou o Sporting, transferindo-se, depois, para o FC Porto, clube ao serviço do qual conquistou dois campeonatos e um taça de Portugal.

Robson orientou ainda o PSV Eindhoven, o Ipswich Town e o FC Barcelona, e desempenhou o cargo de seleccionador inglês entre 1982 e 1990.

Terminou a carreia de treinador em 2004, quando orientava o Newcastle United.

Luxemburgo: Fundação Luxemburguesa contra o Cancro apela ao voluntariado nos hospitais

A Fundação Luxemburguesa contra o Cancro procura voluntários para colaborarem nos serviços de quimioterapia e oncologia. Os voluntários vão prestar apoio aos doentes com cancro que se encontram hospitalizados na Clínica Zitha e Hospital de Kirchberg, na cidade do Luxemburgo e no Centro Hospitalar Emile Mayrisch, situado em Esch-sur-Alzette.

Na prática, o trabalho destes voluntários traduz-se em leitura, passeios e acompanhamento do paciente aquando de um exame médico. O candidato a voluntário tem que, necessariamente, ser sensível ao quadro clínico do doente, deve possuir capacidade de escuta, de compreensão e disponibilidade. O trabalho do voluntário implica meio-dia por semana.

Aantes de desenvolverem as suas actividades no terreno, os candidatos a voluntários têm de frequentar formação adequada. O arranque do próximo curso de formação destinado aos novos voluntários vai iniciar-se no mês de Outubro e está a cargo da Fundação. A formação realiza-se uma vez por semana durante um período de cinco semanas, um total de cinco sessões ministradas no período da tarde.

Qualquer pessoa interessada em fazer voluntariado deve efectuar a sua candidatura junto da Fundação Luxemburguesa contra o Cancro. Os candidatos, numa primeira fase, vão responder a um questionário para que sejam conhecidas as suas motivações. Numa segunda fase, serão chamados para uma entrevista que se realiza no mês de Agosto ou de Setembro.

Os interessados devem contactar a Fundação Luxemburguesa contra o Cancro através do tel. 45 30 33-1 (ou através do e-mail flcc@pt.lu).

Aneli Silva

Luxemburgo: Já se pode mergulhar na Piscina de Remich

Foto: M. Dias

A piscina ao ar livre de Remich reabriu, finalmente, as suas portas. Ontem, quinta-feira, dia 30, quando o Verão vai já a meio. Para compensar os mais entusiastas do mergulho e da natação, os responsáveis pela piscina proprocionar três dias de entradas gratuitas, até sábado.

A época 2009 começou bastante tarde para a piscina de Remich. A culpa foi dos constantes atrasos nas obras de renovação das infra-estruturas, devido às más condições atmosféricas no Inverno e a um grave acidente de trabalho ocorrido em Março. Em vez de abrir no princípio de Julho, como estava previsto, a infra-estrutura de lazer só abriu as portas agora.

A boa notícia é que os preços não se alteraram em relação aos anos anteriores. As assinaturas já efectuadas para o mês de Julho serão válidas todo o Verão, ou seja, durante Agosto e, eventualmente, Setembro, se as condições do tempo o permitirem.

Do ponto de vista técnico, a piscina ao ar livre dispõe de infra-estruturas modernas, incluindo aquecimento à base de energia solar, novos vestiários e chuveiros mais modernos. Um novo restaurante vai também abrir em breve.

Os responsáveis municipais afirmaram-se satisfeitos, após todas as contrariedades, por conseguirem abrir as instalações ao público ainda esta época.

A piscina apresenta agora excelentes condições para umas horas de divertimento para toda a família. As portas estão abertas entre as 10 e as 20h.

F. Pinto

Luxemburgo: Debate entre coligação governamental e oposição marcado por críticas e elogios

Os deputados dos diferentes partidos políticos luxemburgueses exprimiram quinta-feira os seus elogios, críticas e interrogações sobre o novo programa governamental e a declaração do primeiro-ministro Jean-Claude Juncker feita no dia anterior.

Os deputados da oposição queixam-se da falta de informações sobre como equilibrar as contas do Estado ou ainda sobre a reforma das pensões.

Ao que o primeiro-ministro respondeu que as decisões não podem ser avançadas sem antes terem sido debatidas com os parceiros sociais.

Mais pormenores sobre esta notícia, na próxima edição (5 de Agosto) do jornal CONTACTO.

NC

Novas tecnologias: iPhone 3Gs chega hoje ao Luxemburgo

O novo iPhone da Apple 3GS chega hoje, sexta-feira, ao mercado luxemburguês através em modelos 16GB e 32GB.

O novo iPhone 3GS oferece um processador mais rápido, tecnologia HSDPA, capacidade de armazenamento até 32 Gigabytes, câmara de três megapixéis com focagem automática, bússola, controlo por voz e gravação, edição e partilha de vídeo.

O iPhone 3G, lançado em Julho de 2008, continua disponível na versão de 8 Gigabytes.

Mais informações nos seguintes sites: iPhone e Voxmobile.lu

.

Férias de Verão: Portugueses do Luxemburgo partem no seu habitual êxodo estival


O número de trabalhadores da construção civil que beneficiam no Luxemburgo de férias colectivas durante o mês de Agosto deverá rondar este ano os 36 mil, segundo estimativas dos sindicatos luxemburgueses. Como a maioria dos empregados neste sector são portugueses, a pausa dá origem a um fenómeno de migração maciça para Portugal, que continua a ser o destino de férias preferido dos imigrantes.

Ontem à noite, dezenas de autocarros sairam já do parque do Glacis, na cidade do Luxemburgo, rumo a Portugal. E outras dezenas deverão seguir-se até domingo. As companhias aéreas reforçaram igualmente o número de voos.

As convenções assinadas entre os sindicatos luxemburgueses e os representantes do patronato em três sectores principais de actividade ditam no Luxemburgo o período das férias ditas "colectivas" para quase todos os assalariados desses sectores.

O sector dos rebocadores de tectos e fachadas, bem como o dos técnicos do gesso ("plafonneurs-façadiers"), entraram de férias a 25 de Julho e só regressam ao trabalho a 14 de Agosto. O sector da construção e da engenharia civil está de férias a partir desta sexta-feira, 31 de Julho, prolongando-se a pausa estival até 21 de Agosto (também uma sexta-feira).

Os instaladores sanitários, de aquecimento, climatização e refrigeração estão de férias no mesmo período.
Fotos de arquivo: M. Dias

Luxemburgo: Ovação de 40 mil pessoas aos irmãos Schleck

O ciclista luxemburguês Fränk Schleck venceu quinta-feira à noite a 13a edição do "Gala Tour de France", prova a que assitiram cerca de 40 mil pessoas espalhas pelo circuito nas ruas da cidade do Luxemburgo.

O seu irmão mais novo, Andy Schleck, começou por vencer o primeiro sprint de bonificação, mas acabaria por se contentar com o quarto lugar, atrás do campeão do mundo, Alessandro Ballan, e Kim Kirchen.

Mais do que um evento desportivo, a prova foi a primeira ocasião que os espectadores do Luxemburgo tiveram para publicamente prestarem uma ovação aos irmãos Schleck pelo seu desempenho na Volta a França em Bicicleta, que terminou domingo em Paris e em que Andy alcançou o segundo lugar do pódio e Fränk o 5° posto da classificação geral.

Andy recusa convite para integrar nova equipa de Armstrong

Andy Schleck recusou o convite que Lance Armstrong lhe terá dirigido para integrar uma nova equipa que vai criar, a RadioShack, disse o luxemburguês ao diário italiano "La Gazzetta dello Sport".

Andy assinou com a Saxo Bank até 2010 e não tenciona quebrar o contrato, declarou àquele jornal.

No dia seguinte à terem conseguido respectivamente o segundo e o quinto lugar na Volta à França em Bicicleta, e sem pensarem em descanso, os "fabulosos" irmãos Schleck, Andy e Fränk, participaram num "critério" de 100 km em Boxmeer, na Holanda.

Enquanto Andy não teve dificuldades em impôr-se face ao campeão holandês Koos Moerenhout, Fränck posicionou-se em terceiro lugar.

Depois de Boxmeer e do "Gala Tour de France", Andy está já a preparar-se para a "Vuelta", a Volta a Espanha (de 29 de Agosto a 20 de Setembro), o Mundial e a Volta à Lombardia (de 16 a 19 de Outubro).

JLC

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Portugal:"No teu deserto" de Miguel Sousa Tavares esgota 100 mil exemplares em 20 dias

O novo livro de Miguel Sousa Tavares (MST), "No teu deserto" esgotou a primeira edição de 100 mil exemplares, colocando a editora Oficina de Livro uma segunda edição de 10 mil exemplares, foi anunciado quinta-feira pela editora.

"Considerando que, por norma, as tiragens em Portugal são de 3 mil exemplares, este novo livro teria atingido a 37ª edição em 20 dias", lê-se na mesma nota.

"No teu deserto" foi colocado no mercado a 7 de Julho.

A narrativa parte de uma viagem que Miguel Sousa Tavares fez há 20 anos ao deserto do Saara, onde conheceu uma mulher, Cláudia, que já morreu.

"Passou-se comigo há 20 anos e muitas vezes pensei nela, sem nunca a contar a ninguém, guardando-a para mim, para nós que a vivemos. Talvez tivesse medo de estragar a lembrança desses longínquos dias, medo de mover, para melhor expor as coisas, essa fina camada de pó onde repousa, apenas adormecida, a memória dos dias felizes", escreve o autor na nota de intenções.

Em entrevistas à imprensa, MST descreveu a obra como uma quase-carta, um quase-romance e no qual assume, pela primeira vez, uma voz masculina e uma voz feminina.

"No teu deserto", com 128 páginas, é o décimo livro de MST e surge dois anos depois do romance histórico "Rio das Flores" (2007), que vendeu cerca de 205 mil exemplares.

MST, 57 anos, actualmente cronista do Expresso e comentador da TVI, é um dos autores mais lidos em Portugal.

O seu maior sucesso literário é o romance "Equador" (2003), que vendeu cerca de 370 mil exemplares e valeu a Miguel Sousa Tavares o prémio Grinzane Cavour, para melhor romance estrangeiro publicado em Itália.

Tem ainda publicados os livros de crónicas "Um nómada no Oásis", "Anos perdidos" e "Não te deixarei morrer, David Crockett" e os livros infanto-juvenis "O segredo do rio" e "O planeta branco".



"No teu deserto" é o décimo livro de Miguel Sousa Tavares, autor dos romances "Rio das Flores" (2007) e "Equador" (2003), além de ser autor de livros de crónicas como "Um nómada no Oásis", "Anos perdidos" e "Não te deixarei morrer, David Crockett" e dos livros infanto-juvenis "O segredo do rio" e "O planeta branco" Foto: JLC

Luxemburgo: Vídeo luxemburguês de "freestyle football" visto por quase 100 mil pessoas no You Tube



Um mini-filme realizado por jovens luxemburgueses e que mostra o virtuosismo de um jovem talento luxemburguês de Diekirch, Sven Fielitz, e o que este consegue fazer com um simples bola (freestyle football) já mereceram o visionamento de quase 100 mil internautas no canal em linha de partilha de vídeos You Tube, onde o filme pode ser apreciado.

Gripe A (H1N1) : Portugal com 272 infectados

O Ministério da Saúde português anunciou hoje mais sete casos confirmados de infecção pelo vírus da Gripe A (H1N1), o que eleva para 272 o número total de pessoas infectadas em Portugal desde que foi detectado o primeiro caso no início de Maio.

ÚLTIMA HORA/EXCLUSIVO: Já há portugueses com gripe A no Luxemburgo - balanço total de casos sobe para 54

Já há portugueses com gripe A no Luxemburgo, soube hoje o CONTACTO junto da Inspecção da Saúde luxemburguesa, numa altura em que a contagem global de casos de H1N1 subiu para 54.

O médico responsável pelo acompanhamento da gripe A no serviço de Inspecção Sanitária garante que "os casos de portugueses infectados são raros", mas já houve "três ou quatro" desde o primeiro doente detectado, em 1 de Julho.

Sem precisar o número exacto de casos, nem as circunstâncias em que os portugueses terão contraído a doença, Pierre Weicharding garante que não foi em Portugal nem no Luxemburgo. "Todos os casos [contabilizados] foram contraídos no estrangeiro, com uma única excepção (três pessoas que estiveram em contacto com um doente). Temos zero casos de gripe [A] contraída em Portugal. Na maioria dos casos, as pessoas tinham estado nas ilhas Baleares ou no Reino Unido", disse o médico ao CONTACTO.

De acordo com Weicharding, os portugueses com o vírus H1N1 foram detectados há pelo menos duas semanas, e já estão todos curados. "Tratou-se de uma forma benigna da doença, e curaram-se em três ou quatro dias", garante o médico.

No Luxemburgo, o número de pessoas que contraíram a gripe A ultrapassa já a meia centena: até esta quinta-feira, a Direcção de Saúde efectuou 54 análises positivas. Desde o último balanço, dia 23 de Julho, registaram-se mais 18 casos.

A Direcção de Saúde deixou de fazer actualizações diárias da epidemia em 15 de Julho, passando a divulgar apenas um relatório por semana. O balanço desta semana deverá ser divulgado entre hoje e amanhã, disse ao CONTACTO o médico Pierre Weicharding.

P.T.A.

Luxemburgo/Política: "Ministério do Trabalho é prenda envenenada" do CSV ao LSAP, acusam Verdes

Os partidos políticos da oposição e organizações não governamentais (ONG) não esperaram (ler aqui) pela declaração do primeiro-ministro, Jean-Claude Juncker, esta quarta-feira, no Parlamento, e reagiram, já, na semana passada, de forma veemente à composição e ao programa da nova coligação governamental CSV-LSAP.

Os Verdes ("Déi Gréng") consideram a atribuição do Ministério do Trabalho aos socialistas uma "prenda envenenada" por parte dos cristãos-sociais. Em tom irónico, o presidente dos Verdes, François Bausch, felicita o partido cristão-social (CSV) que, após 25 anos à frente do Ministério do Trabalho "em estado vegetativo", entrega a tutela deste último aos socialistas (LSAP) no "momento mais perigoso", isto é, no momento, em que vão ser transpostos uma série de projectos-lei que deveriam ter sido aplicados sob a égide de François Biltgen, ex-ministro do Trabalho e actual ministro da Justiça, das Comunicações, Ensino Superior e Investigação, e da Função Pública.

Bausch lamenta que a delegação do Partido Socialista luxemburguês não se tenha suficientemente defendido nas negociações que antecederam a assinatura do acordo com os cristãos-sociais para a formação da coligação governamental dos próximos cinco anos (ver nossa edição de 22 de Julho).

"O CSV manteve competências que lhe permitem construir o futuro, enquanto que o LSAP terá de gerir os problemas", conclui Bausch.

Os Verdes consideram igualmente "demasiado vagos" os objectivos aos quais se propõe o novo Governo, considerando-o demasiado "impreciso" quanto à ordem de prioridades dos seus projectos.

"Todos os projectos estão colocados sob uma abordagem de prudência financeira, ou seja, tudo é relativo", critica Bausch, lamentando que não se saiba "em que domínios será apertado o cinto em primeiro e último lugar".

"Na questão da mobilidade, não se sabe se o Governo irá privilegiar a extensão das auto-estradas com três vias ou o desenvolvimento dos transportes públicos", exemplifica o presidente dos Verdes, que é também vereador na autarquia da capital no pelouro "circulação e mobilidade".

Bausch lamenta que a discussão sobre a separação entre Igreja e Estado não tenha sido levada a cabo durante as negociações entre os cristãos-sociais e socialistas. Uma vez que ambos têm posições diferentes quanto ao ensino da Religião nas escolas, tal poderia ter comprometido o entendimento dos dois partidos, conclui o presidente ecologista.

Os "Déi Gréng" congratulam-se com a intenção do novo Governo de modernizar algumas leis da sociedade, nomeadamente o casamento entre homossexuais e a reforma da lei do aborto (ler aqui).

ADR recusa burgomestres estrangeiros

O Partido Reformador Alternativo Democrático (ADR) persiste na sua índole nacionalista. Na quinta-feira, antes da tomada de posse do novo Governo, o seu secretário-geral, Roy Reding, manifestou a sua oposição à vontade do Executivo de permitir que os residentes estrangeiros (comunitários e não-comunitários) possam vir a ocupar o cargo de burgomestre ou de vereador, argumentando que essas funções são exercícios "de soberania nacional".

Por sua vez, o presidente do ADR, Robert Mehlen (não foi eleito nestas legislativas para o Parlamento), criticou a repartição dos ministérios, estimando que apenas prevaleceu "a lógica de regateio entre os dois partidos".

"Treze ministérios (em vez de 15) teriam sido suficientes. O Governo perdeu a oportunidade de dar o exemplo em termos de poupança", lamenta Mehlen, considerando que a pasta da Imigração poderia ter sido associada à da Cooperação, da Defesa ou ainda a do Comércio Externo. Já os liberais (DP), acusam o Governo "de querer continuar como até aqui, desde que haja dinheiro, em vez de procurar novas formas de encher as caixas do Estado".

O presidente do DP, Claude Meisch, considera igualmente o programa da coligação CSV-LSAP "demasiado vago e com demasiadas banalidades", e deplora a ausência de uma mensagem de esperança para os jovens e para as classes médias.

Exceptuando o anúncio de que os impostos não serão aumentados em tempos de crise, os liberais criticam o Governo de deixar demasiadas questões suspensas.

O DP teme que após esta acalmia fiscal se siga uma forte subida dos impostos provocando uma espiral negativa, isto é, uma diminuição do consumo que se irá repercutir de forma negativa nas produções que, por sua vez, baixam o nível de confiança na economia.

Também o recém-eleito e único deputado do partido "Déi Lénk" (A Esquerda), André Hoffmann, qualifica os acordos da coligação demasiado imprecisos.

"Não foi dado nenhum pormenor, o que diz muito acerca do funcionamento da democracia neste país", sublinha Hoffmann.

Além disso, estes acordos não espelham nenhuma reflexão sobre a actual conjuntura económica, realça Marco Baum, membro do partido da Esquerda, lançando que "o neo-liberalismo praticado até agora é o culpado desta crise".

A "Déi Lénk" pleiteia a partilha de riquezas e não o prosseguimento do "business as usual" (manutenção das tendências actuais). André Hoffmann insiste que "a ideologia da competitividade prima sobre a de uma sociedade com vocação social".

Justin Turpel, também membro do "Déi Lénk", acusa os cristãos-sociais e os socialistas de não se referir à situação em que se encontram muitos trabalhadores e as 30 mil pessoas que se manifestaram em 16 de Maio último contra o desmantelamento social, apontando ainda o dedo aos repetidos ataques do patronato contra o sistema da segurança social do Estado.

NC

ASTI: "Cidadãos estrangeiros devem ter acesso a cargos da Função Pública"

A Associação de Apoio aos Trabalhadores Imigrantes (ASTI) reivindicou na quarta-feira da semana passada a "abertura da Função Pública aos cidadãos estrangeiros".

A associação considera positiva a intenção do novo Governo de tornar os cargos da Função Pública acessíveis a cidadãos comunitários, pois a ASTI vê esse direito como sendo "uma extensão da democracia".

Contudo, a ASTI não concorda com o facto de os residentes não-comunitários, apesar de poderem ser eleitos para os cargos de burgomestre e vereador, e até decidir a atribuição de empregos a nível municipal, estes apenas abertos a cidadãos luxemburgueses, estarem excluídos dos mesmos – contradição esta completamente incompreensível para a associação.

Além disso, a ASTI clama pelo fim do da cláusula de residência de cinco anos que autoriza a participação dos residentes estrangeiros oriundos da União Europeia e de países terceiros nas eleições comunais. Os três meses necessários para as formalidades de inscrição nas listas eleitorais são suficientes, defende a associação.

Por seu lado, o Comité de Ligação das Associações Estrangeiras (CLAE) queixa-se do novo Executivo por não ter previsto rever a lei sobre a nacionalidade que aumentou o prazo de residência de cinco para sete anos. No que respeita as exigências linguísticas, a plataforma de associações estrangeiras advoga a substituição dos testes de avaliação por certificados de participação em aulas de língua e cultura luxemburguesas.

Em reacção à disposição dos ministérios do novo Executivo, ASTI e CLAE deploram que a pasta da Imigração e o Gabinete de Acolhimento e Integração ("Office d'accueil et d'intégration" ou OLAI) não façam parte de um só ministério.

O CLAE diz ainda lamentar que o Governo não tenha avançado pormenores no seu programa quanto à forma de pôr em prática a lei sobre a imigração e integração dos estrangeiros, votada em Novembro de 2008.

NC

De visita ao Luxemburgo, autarca de São Vicente (Cabo Verde) frisa necessidade de mudança

Isaura Gomes, presidente da Câmara Municipal da ilha de São Vicente, em Cabo Verde, falou no progresso do país – que se orgulha da crescente afirmação e projecção a nível internacional –, mas também nos desafios que se impõem. A autarca esteve na semana passada na capital luxemburguesa, na sede da Associação Amizade Cabo-Verde, num encontro que reuniu cerca de 40 cabo-verdianos residentes no Luxemburgo.

Com o objectivo de contactar com a comunidade cabo-verdiana e informá-la sobre o desenvolvimento do país, Isaura Gomes abordou avanços e dificuldades, sensibilizando os presentes para a "necessidade de transformar os pontos fracos de Cabo Verde em pontos fortes".

De acordo com a autarca, um dos aspectos que tem de mudar é a actual centralização do poder. "O poder está hipercentralizado", afirma, "o que provoca muitas assimetrias regionais". "O futuro de Cabo Verde está na regionalização, atribuindo mais recursos e competências a cada ilha", prossegue Isaura Gomes. "O reforço do poder local significa um ganho em democracia, menos assimetrias e mais coesão", conclui a edil.

Isaura Gomes considera também que o grande fosso existente entre camadas sociais tem de diminuir e que "Cabo Verde tem de fazer um esforço para equilibrar a riqueza nacional".

Outra questão que sublinhou na sua intervenção é a necessidade de apostar na educação. "Cabo Verde tem um défice de formação profissional, é fundamental criar uma massa qualificada".

Isaura Gomes fez ainda referência à questão energética e da água, recursos que faltam no arquipélago, e ao turismo e transportes. Para a autarca, "há que transformar o país num pólo atractivo", "investir na qualidade e no serviço", "privatizar o transporte aéreo" e "facilitar o transporte marítimo entre as ilhas".

Além disto, "a economia é muito dependente do exterior e a emigração é muito importante nesse aspecto".

A emigração é, aliás, segundo a autarca, "um mal necessário, que advém da não sustentabilidade do país". E, dizendo isto, deixa uma mensagem de saudação à comunidade cabo-verdiana "para que continue com a mesma postura, digna e trabalhadora, que tanto tem beneficiado a reputação de Cabo Verde".

Segundo a autarca, este é um dos pontos fortes de Cabo Verde e "é neste cabedal humano que é preciso investir".

Isaura Gomes, militante do partido Movimento para a Democracia e única edil do sexo feminino em Cabo Verde, não é candidata oficial às eleições presidenciais do país, mas manifestou disponibilidade e motivação para isso, segundo afirmou publicamente no encontro com a comunidade cabo-verdiana radicada no Luxemburgo.

Flávia Diniz

Portugal: Fátima Felgueiras absolvida de todos os crimes no processo do futebol

O Tribunal de Felgueiras absolveu hoje Fátima Felgueiras de todos os crimes no denominado processo do futebol que envolvia a autarca e outros nove arguidos.

Fátima Felgueiras estava acusada neste processo de sete crimes de participação económica em negócio e um de abuso de poderes sob a forma continuada.

O Ministério Público (MP), através do procurador Pinto Bronze, tinha pedido ao colectivo uma pena de quatro anos de prisão para a presidente da Câmara de Felgueiras por irregularidades na atribuição de subsídios ao clube da terra.

Pinto Bronze tinha considerado como provado em audiência que parte dos 2,8 milhões de euros atribuídos pela câmara ao clube, entre 1995 e 2002, se destinava a pagar despesas com a equipa profissional do Futebol Clube de Felgueiras (FCF).

O advogado de Fátima Felgueiras, Artur Marques, pediu “a absolvição completa” da presidente da autarquia, alegando ser inconstitucional a lei em que baseou parte da acusação do Ministério Público.

Para Artur Marques, o decreto-lei 432/91, que proibia a atribuição pelos municípios de verbas aos clubes de futebol para financiar actividade profissional, violava o disposto na Lei de Bases do Sistema Desportivo (Lei nº 1/90) que "não proibia qualquer comparticipação ao futebol profissional".

Editorial: "Boas Férias"

Verão, tempo de acordar os sonhos, de enfrentar recordações adormecidas dentro de nós, que nos deixaram à beira de horizontes indefinidos. Como se houvesse um desafio de grandeza que nos é feito, e que fomos sempre adiando. E que nos dói. Que nos deixa a amargura de sermos irrealizados, incompletos. De ficarmos aquém, como chora o desespero do poeta Sá-Carneiro. Não somos, somos "quase". Falta um pouco mais de Sol...

Nas longas tardes de Verão, quando o toque dos sinos das velhas igrejas ondula pelas searas e frutos dos campos da nossa infância, sentimo-nos meninos outra vez, com um amor de mãe a velar os nossos cuidados. Por isso é que os portugueses gostamos de ir de férias à nossa terra, ao encontro de nós mesmos. Somos eternos ausentes, porque nunca nos reencontramos.

Somos grandes de mais para este mundo. Somos humanos, espíritos infinitos numa condição finita. "Capax mundi, capax Dei" – feitos para conhecer a criação e conhecer a Deus. Mas prisioneiros do espaço e do tempo. Por isso em conflito permanente com o nosso vazio interior e a nossa ânsia de absoluto. Somos seres perpetuamente frustrados, incompletos, contraditórios, incapazes de cumprir a rota do nosso destino. Capelas imperfeitas! O traçado final levou-o o arquitecto para o céu. Nenhum ruído apaga os ecos da palavra criadora, do Génesis de todos os dias: "Faça-se". E vamos vivendo e fazendo, seres do tempo na raia da eternidade, onde os mistérios se encontram. Onde os poetas colhem as flores do paraíso e os santos falam com as árvores.

É por causa da imersão de Deus na humanidade de Jesus que sentimos esta angústia dilacerante de descodificar o efémero para descortinar o infinito. No poema "Selige Sehnsucht" ("O santo suspirar"), Goethe diz-nos como o amor de Deus pela sua obra se reflecte no amor que acalenta os nossos corações. Todo o nosso suspirar é suspirar pelo regresso a casa, a casa donde viemos, que é o berço do amor de Deus. "O mundo é, mas não se basta; grita pelo que lhe falta (...). Todos os dados nos mostram uma linha de fractura (...), a ferida da sua mutilação ontológica". Assim fala o nosso ibérico Ortega y Gasset.

Vivemos o tormento da insuficiência e dos planos falhados. Somos sinfonias incompletas, por agora. A música continuará na eternidade, mas sem a dor, que é o prazer-sofrer da nossa saudade.

Que este Verão seja a estação dos sonhos para todos, na brisa das serras, no murmúrio do mar – e nas orações perdidas e por nós encontradas nas romarias das nossas aldeias.

Pe Belmiro Narino

Portugal: Os 10 portugueses mais ricos

Américo Amorim é o homem mais rico de Portugal com uma fortuna avaliada em dois mil milhões de euros, partilhando o pódio com Belmiro de Azevedo e a família Guimarães de Mello.

O empresário da cortiça lidera, pelo segundo ano consecutivo, a lista dos 25 portugueses mais ricos da revista Exame, que historicamente pertencia ao fundador do grupo Sonae, que tem uma fortuna avaliada em 1,4 mil milhões de euros.

No terceiro lugar, está a família Guimarães de Mello, detentora do grupo José de Mello e de participações na Brisa, EDP e Efacec, com uma fortuna estimada em 1,2 mil milhões de euros.

De acordo com a Exame, a média de idades dos milionários das 25 grandes fortunas em Portugal é de 65 anos, sendo o líder do grupo RAR, João Nuno Macedo Silva, aos 44 anos, o milionário mais jovem.

Contas feitas, as fortunas dos 25 mais ricos de Portugal somam 17,7 mil milhões de euros, representando 10,7% do PIB (Produto Interno Português) português.

Maria do Carmo Moniz Galvão Espírito Santo Silva continua a ser a mulher mais rica de Portugal, com uma fortuna de 731,8 milhões de euros, tendo como principais activos o grupo Espírito Santo e o grupo Santogal, tendo subido do sétimo lugar que ocupava em 2008.

O casal Luís Silva e Maria Perpétua Bordalo Silva, donos da Cinveste, sobe este ano para o quinto lugar do ranking, com uma fortuna estimada de 695,6 milhões de euros.

A sexta maior fortuna portuguesa pertence a Alexandre Soares dos Santos, da Sociedade F. Manuel dos Santos, que também subiu três posições na lista dos mais ricos.

Na sétima posição, está João Pereira Coutinho, dos grupos SGC, SAG e SGC, seguido por Salvador Caetano, que entra na lista dos 10 mais ricos, quando em 2008 ocupava a 11ª posição.

O empresário madeirense Joe Berardo é protagonista da maior queda na lista dos mais ricos, passando do quarto para o oitavo lugar, com uma fortuna estimada de 618,2 milhões de euros.

A lista dos mais ricos fica completa com os nortenhos Manuel Soares Violas e Rita Violas Oliveira, com uma fortuna de 610,48 milhões de euros.

Internacional: Programa Alimentar Mundial pode cancelar missões por falta de fundos

O Programa Alimentar Mundial (PAM) pode cancelar algumas missões por falta de fundos, mesmo com a crescente necessidade de distribuição de ajuda alimentar, anunciou quarta-feira à noite a directora da agência da ONU, Josette Sheeran, em Washington.

Segundo Sheeran, o orçamento da agência “avaliado e aprovado” para 2009 é de 6,7 mil milhões de dólares, mas os fundos previstos até agora atingem apenas os 3,7 mil milhões de dólares.

“Vamos cortar três mil milhões de dólares do nosso programa, o que significa a redução de rações e programas pelo mundo fora, incluindo às pessoas mais vulneráveis no mundo”, disse.

Esta situação deve-se ao facto de o número de pessoas necessitadas de assistência alimentar, em 2008, ter aumentado, explicou Sheeran, acrescentando que os números continuam a aumentar.

A responsável escusou-se a especificar datas, tipos de cortes ou locais que podem ser afectados por esta decisão.

A reacção dos governos à crise financeira mundial levou à definição de orçamentos muito rigorosos e apertados o que, em parte, pode ter conduzido à quebra nos donativos ao PAM, explicou Sheeran.

Em países desenvolvidos, o impacto da crise “não é tão dramático”, o que reduz o sentimento de urgência na ajuda às 1,02 mil milhões de pessoas malnutridas no mundo, disse ainda.

No último ano, as necessidades da agência duplicaram, enquanto os preços dos alimentos aumentaram, originando protestos em mais de 30 países, recordou.

Josette Sheeran está em Washington para se encontrar com responsáveis da administração de Barack Obama, parlamentares e responsáveis do Banco Mundial.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Internet: Yahoo e Microsoft coligam-se contra Google

A Microsoft e o grupo Yahoo anunciaram esta quarta-feira uma parceria para concorrer com o Google nas pesquisas na Internet, aliando a tecnologia da Microsoft à força da venda publicitária do Yahoo.

Este acordo permitirá que o novo motor de busca da Microsoft, "Bing", seja usado no Yahoo, enquanto que este portal ficará encarregue de angariar anúncios publicitários, usando a tecnologia da Microsoft.

O Yahoo, que recusou no ano passado uma oferta de resgate avançada pela Microsoft de 47,5 mil milhões de dólares, não receberá um pagamento inicial, mas em contrapartida ficou acordada uma partilha de receitas.

A Yahoo calcula que seu volume do negócios anual possa aumentar em 500 milhões de dólares, quando a parceria atingir a velocidade de cruzeiro, nos dois anos após a sua entrada em vigor.

O acordo deverá ser fechado no início de 2010 e vigorar durante 10 anos.

"Este acordo traz mais valor para o Yahoo, para os nossos utilizadores e para o sector, e acredito que será o início de uma nova era da inovação e do desenvolvimento na Internet", afirma a directora geral do Yahoo, Carol Bartz, em comunicado.

O director-geral da Microsoft, Steve Ballmer, assegurou que o acordo "proporcionará ao motor de busca Bing a escala necessária para competir com maior eficácia, atrair mais utilizadores e publicitários".

"Vamos inovar mais nas pesquisas, melhorar o valor para os anunciantes e o serviço para os consumidores, num mercado que actualmente é dominado por uma única empresa", acrescentou.

As duas empresas mantiveram conversações de forma intermitente durante vários meses sobre um possível acordo, depois do fracasso da oferta que a Microsoft lançou sobre o Yahoo em 2008, que ascendia a 47,5 mil milhões de dólares e que o conselho de administração rejeitou por considerar baixa.

Gripe A (H1N1) : Número de infectados em Portugal sobe para 265

O Ministério da Saúde português anunciou esta quarta-feira mais 17 casos confirmados de infecção pelo vírus da Gripe A (H1N1), o que eleva para 265 o número total de pessoas infectadas em Portugal.

"Desde o início de Maio verificou-se, em Portugal, um total cumulativo de 265 casos confirmados de Gripe A (H1N1). Estas pessoas têm vindo a retomar a sua vida diária, com normalidade. Não existiu, na maioria dos casos, necessidade de internamento hospitalar", afirma o Ministério da Saúde, em comunicado.

Fórmula 1: Michael Schumacher substitui Felipe Massa na Ferrari

Schumacher volta à F1



O ex-piloto alemão Michael Schumacher, de 40 anos, vai voltar a competir na Fórmula 1, substituindo o acidentado Felipe Massa nos próximos grandes prémios, anunciou a escuderia italiana Ferrari.

Schumacher, sete vezes campeão do Mundo, é actualmente conselheiro da escuderia italiana e há dias o seu porta-voz já tinha manifestado a disponibilidade do alemão para aceitar o desafio.

"A escuderia Ferrari decidiu confiar a Michael Schumacher o monolugar de Felipe Massa até que o piloto brasileiro possa voltar a competir", informou a empresa de Maranello.

Schumacher vai começar nos próximos dias um programa específico de preparação, após o qual se poderá confirmar a sua participação no Grande Prémio da Europa, agendado para 23 de Agosto, em Valência, Espanha.

Felipe Massa foi operado ao crânio após um grave acidente ocorrido na qualificação de sábado para o Grande Prémio da Hungria. O piloto está a recuperar bem, mas ainda é demasiado cedo para voltar a competir.

Uma peça do amortecedor do Brawn GP do compatriota Rubens Barrichello embateu no capacete de Massa quando este rodava a mais de 250 quilómetros/hora, o que motivou o seu despiste e violento embate contra os pneus de protecção, durante as qualificações para o grande prémio húngaro.


Foto&Texto: Lusa

Projecto internet de Figo permite a jovens futebolistas de mostrarem talento

O ex-internacional Luís Figo é um dos rostos de uma plataforma na Internet que permitirá a jovens espalhados pelo Mundo mostrar online as aptidões para o futebol, avaliadas posteriormente por um corpo técnico coordenado pelo brasileiro Scolari.

O projecto - designado Football Dream Factory - é gerido pela empresa Dream Factory Network, tem como promotor o Taguspark e como principal parceiro tecnológico a PT.

O objectivo do projecto é permitir aos jovens futebolistas espalhados pelo Mundo, preferencialmente pela Europa, África, Japão, Brasil, Coreia do Sul, China, Índia e Estados Unidos, mostrar online, através de um vídeo, as suas capacidades, as quais serão avaliadas por profissionais, entre eles Luís Figo e o ex-seleccionador português Luiz Felipe Scolari.

Este projecto permite ainda colocar os jovens futebolistas em contacto com os clubes que já se associaram à iniciativa, designadamente Inter de Milão, FC Barcelona, Grémio de Porto Alegre, Al-Hilal, Benfica, Sporting e FC Porto.

João Guerra, da Dream Factory Network, esclareceu que os clubes serão os "únicos responsáveis pelos contactos que venham a estabelecer com os jovens", excluindo "qualquer interferência directa da Football Dream Factory" no processo.

Este "olheiro virtual" assume-se ainda, nas palavras de João Guerra, como "uma plataforma social, que democratiza o acesso ao mundo do futebol".

De acordo com os responsáveis, o projecto "prima pela inovação e criação de valor e igualdade de oportunidades para crianças e jovens de todo o Mundo, independentemente da sua geografia, etnia, sexo, religião ou extracto social".

Com o upload (colocação na Internet) do vídeo e respectiva visualização "totalmente gratuitos", o projecto "funciona como uma rede social, onde os jovens podem construir o perfil de jogador e disponibilizar as imagens a todos os utilizadores: clubes, profissionais, simpatizantes ou simples navegantes da Internet", esclareceu João Guerra.

"A comunidade está aberta a todos em www.footballdreamfactory.com e os 10 vídeos melhor classificados em cada dia serão avaliados nas 24 horas seguintes por um painel de profissionais coordenado por Scolari, criando o "pros ranking" do dia. No final de cada semana, os sete melhor pontuados (um por dia) serão avaliados por Luís Figo", esclareceu.

No final de cada ano proceder-se-á à eleição do melhor entre os 52 vídeos seleccionados (um por semana), numa cerimónia que será também ela transmitida online.

Os promotores da iniciativa esclareceram ainda que a inscrição e participação no projecto implica o registo com indicação de um endereço de e-mail válido, "através do qual será solicitada a autorização de um responsável legal".

"De forma a garantir a máxima segurança de crianças e pais, quaisquer contactos entre `viewers´ e jogadores só serão possíveis através de um registo e o acesso aos sistema de mensagens privadas só estará disponível para clubes parceiros e assinantes registados com identificação bancária que permita um controlo absoluto sobre a sua identidade", adiantou João Guerra.

Conscientes das "limitações no acesso à tecnologia em algumas regiões", os promotores têm prevista a "instalação gratuita de campos de futebol através do projecto FootballB-Live", espaços "altamente tecnológicos e de utilização totalmente gratuita, que permitem a recolha de vídeos e que estão dotados de terminais Internet para que os jovens possam gravar, editar e fazer upload das imagens na plataforma online".

Os mentores do projecto estimam receber 300 mil uploads de vídeos de jovens jogadores durante o primeiro ano, esperando atingir um valor de dois milhões ao fim de três anos.

Foto&Texto: Lusa

Portugal: Bancos vão continuar a restringir acesso ao crédito

A concessão de crédito bancário a empresas e particulares tornou-se mais restritiva no segundo trimestre deste ano e os bancos perspectivam “apertos adicionais” para o próximo trimestre, refere o inquérito aos bancos, hoje divulgado pelo Banco de Portugal.

De acordo com os resultados do Inquérito aos Bancos sobre o Mercado de Crédito, realizado aos cinco grupos bancários portugueses que integraram a amostra, os critérios de concessão de empréstimos tornaram-se “mais restritivos no decurso do segundo trimestre” deste ano.

Para o próximo trimestre, os bancos antecipam “apertos adicionais nos critérios de concessão de crédito ao sector privado não financeiro” e prevêem também um “ligeiro aumento da procura de empréstimos ou de linhas de crédito por parte das empresas e uma diminuição da procura de empréstimos pelos particulares”.

As restrições na concessão de crédito durante o segundo trimestre são atribuídas a uma avaliação menos favorável dos riscos e ao aumento dos custos de capital e restrições de balanço dos bancos devido às perturbações nos mercados financeiros.

Todos estes factores conduziram, segundo o relatório do Banco de Portugal, a um aumento dos “spreads” aplicados nos empréstimos concedidos, quer a sociedades não financeiras, quer a particulares.

O Banco de Portugal refere que a procura de empréstimos ou linhas de crédito por parte de empresas registou “uma ligeira diminuição no segundo trimestre face ao trimestre precedente”.

De acordo com o inquérito, isto deveu-se a menores necessidades de financiamento de investimento e de projectos de fusões e aquisições, assim como de reestruturação empresarial. Apenas a reestruturação da dívida e a diminuição da geração interna de fundos das empresas terá contribuído para um aumento da procura de crédito por parte das empresas.

Os particulares, de acordo com os resultados obtidos, também diminuíram a sua procura de crédito, em especial nos empréstimos para aquisição de habitação.

O Banco de Portugal refere que a diminuição da procura por parte dos particulares está relacionada, em grande medida, com a deterioração da confiança dos consumidores.

Portugal/Legislativas: Paulo Pisco e Renato Leal encabeçam lista do PS para a Emigração

Paulo Pisco, pela Europa, e Renato Leal, por Fora da Europa, encabeçam as listas socialistas nos círculos da emigração para as eleições legislativas que se realizam em Portugal a 27 de Setembro.

Paulo Pisco, 48 anos, graduado em Estudos Europeus na Universidade Livre de Bruxelas, é director do Departamento Internacional e de Comunidades do Partido Socialista (PS).

Em 1999, foi eleito deputado pelo círculo da Europa na primeira e única eleição em que o PS conquistou três dos quatro lugares de deputado nos círculos da emigração, tradicionalmente partilhados entre socialistas e social-democratas (PSD).

Segue-se Lurdes Rodrigues, residente em Paris e actualmente a desempenhar funções na missão da OCDE.

Aos lugares de suplentes, candidatam-se a socióloga Dora Mourinho, da Alemanha, e o dirigente sindical residente na Suíça Carlos Ferreira.

A lista do PS pelo Círculo Fora da Europa é encabeçada pelo actual deputado eleito pelos Açores, Renato Leal, 56 anos, professor reformado.

Deputado à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores entre 1998 e 2005, Renato Leal foi ainda presidente da Câmara Municipal da Horta.

O empresário e membro do Conselho das Comunidades em Santos, Brasil, José Duarte ocupa o segundo lugar da lista por fora da Europa, onde o PS nunca conseguiu eleger dois deputados.

Aos lugares de suplentes concorrem Maria das Dores Faria, que reside na Venezuela, e o jornalista José Rocha Diniz, de Macau.

Paulo Pisco, que coordenou a escolha dos candidatos nos círculos da Emigração, disse à Lusa que a elaboração das listas teve em conta "a representatividade dos países e das secções do PS no estrangeiro em termos eleitorais e a necessidade de uma boa cobertura e abrangência em termos geográficos no que respeita à localização das comunidades portuguesas".

Pisco adiantou que, durante a campanha, os candidatos irão colocar a tónica na acção "reformista" do Governo em termos nacionais e das comunidades, apoiados num programa eleitoral que, segundo afirmou, "pretende dar uma nova dimensão às políticas para as comunidades portuguesas, valorizando mais a sua estrutura governativa".

Luxemburgo: Juncker apresenta declaração do novo Governo ao Parlamento

O primeiro-ministro Jean-Claude Juncker apresentou a declaração do novo Governo na Câmara dos Deputados esta quarta-feira de manhã.

Casamento homossexual, despenalização do aborto, reforma da Segurança Social, o papel das línguas no ensino, a questão dos cargos duplos dos políticos (burgomestres e deputados), a reforma da praça financeira, entre outros, foram os temas abordados.

Amanhã, quinta-feira, segue-se o habitual debate sobre os próximos cinco anos de legislatura entre os deputados do Parlamento luxemburguês.

NC

Luxemburgo: Campeonato de futebol BGL Ligue recomeça este fim-de-semana

A bola vai voltar a rolar nos principais relvados do Grão-Ducado este fim-de-semana.
Sábado, às 19h, realiza-se o primeiro encontro da época 2009/10, em Grevenmacher, no estádio Op Flohr, entre os moselanos e o Etzella Ettelbruck.

No domingo, às 16h, o récem promovido Pétange recebe o FC RM Hamm Benfica e o Progrès Niederkorn desloca-se a Mondercange para defrontar a equipa local. Em Hautscharage, à mesma hora, jogam o UN Käerjéng - Swift Hespérange, enquanto o Stade Achille Hammerel, no Verlorenkost, na capital, é palco do jogo RFCUL - FC03 Differdange.

O Rumelange, vencedor do jogo de barragens da época transacta, defronta em casa a Jeunesse Esch.

Domingo, às 19h30, está previsto o Fola Esch - F91 Dudelange.

PS

Guiné-Bissau: Kumba Ialá aceita resultados das presidenciais e felicita Malam Bacai Sanhá pela vitória


Kumba Ialá, candidato derrotado na segunda volta das presidenciais da Guiné-Bissau de domingo aceitou esta quarta-feira de manhã os resultados do escrutínio e felicitou Malam Bacai Sanhá pela vitória, com 63,31% dos votos.

Malam Bacai Sanhá, candidato apoiado pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), venceu as eleições presidenciais de domingo na Guiné-Bissau, anunciou hoje a Comissão Nacional de Eleições guineense.

Segundo a Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau, Malam Bacai Sanhá venceu com 224.259 votos, contra os 129.963 obtidos por Kumba Ialá, apoiado pelo Partido de Renovação Social (PRS).

A taxa de abstenção foi de 39%.

Fonte foto&texto: Lusa

Ténis: Michelle Larcher de Brito convidada a participar no Luxembourg Open BGL

Foto: Lusa

A jovem revelação do ténis português, Michelle Larcher de Brito, de 16 anos (WTA 76), foi convidada a participar pela primeira vez no Luxembourg Open BGL que decorre entre 17 e 25 de Outubro, em Kockelscheuer. Profissional desde 2007, tinha apenas 15 anos quando se tornou a primeira tenista portuguesa a ultrapassar duas rondas numa prova do circuito WTA.

Além da portuguesa, estão já confirmadas as presenças da belga Kim Clijsters (26 anos), pentacampeã do Luxembourg Open (1999, 2001, 2002, 2003 e 2005), da francesa Alizé Cornet (19 anos, WTA 23) ou da alemã Sabine Lisicki (19 anos, WTA 26), entre 32 jogadoras de gabarito mundial. Em jogo estão 220 mil dólares (157 mil euros).

Mais informações em www.bgl-luxembourgopen.lu, site onde os bilhetes também podem ser adquiridos (ou em www.luxembourg-ticket.lu ).

Em destaque esta quarta-feira no jornal CONTACTO

(clique na imagem para ampliar)

Milhares de portugueses deixam o Luxemburgo entre quinta-feira e domingo, é uma das notícias na primeira página do jornal CONTACTO desta semana. O sector da construção fecha para férias durante o mês de Agosto e com ele partem milhares de portugueses para um período de repouso.

Quem não dá descanso aos concorrentes é o ciclista luxemburguês Andy Schleck. O herói desportivo do Luxemburgo obteve o segundo lugar na Volta à França, este domingo, mas quer vestir a camisola amarela já no ano que vem. Há 48 anos que o Grão-Ducado não chegava ao pódio no Tour; é uma notícia histórica para acompanhar no CONTACTO.

Aníbal Coimbra regressou ontem dos "World Games" na Formosa com uma medalha de bronze na bagagem. O atleta natural do concelho de Tondela obteve o terceiro lugar na modalidade de powerlifting, provando que é um peso-pesado do desporto luxemburguês.

Outro ícone desportivo, mas agora português, vai estar no Luxemburgo em Outubro, anuncia o CONTACTO em primeira mão. Michelle Larcher de Brito, a jovem revelação do ténis português, participa no Luxembourg Open BGL, com um prémio de 157 mil euros.

Estas são as manchetes do CONTACTO desta semana, mas há mais notícias a descobrir no seu semanário português no Luxemburgo. Se ainda não é assinante, pode passar a recebê-lo gratuitamente em sua casa ligando para o 4993-9679 ou inscrevendo-se no portal de assinaturas do jornal CONTACTO.

Portugal/Educação: Docentes portugueses no estrangeiro continuam sem aumentos salariais prometidos pelo Governo

O secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, conversa com membros de uma delegação do Sindicato dos Professores no Estrangeiro (SPE), que se deslocou terça-feira à residência oficial do primeiro-ministro, em Lisboa, na sequência da luta pela actualização salarial dos professores portugueses que trabalham junto das nossas comunidades no estrangeiro
Foto: Lusa



Os professores portugueses que dão aulas no estrangeiro continuam à espera da actualização salarial prometida pelo Governo no início do ano, no decorrer de negociações com o Ministério da Educação, denunciou terça-feira o Sindicato dos Professores no Estrangeiro (SPE).

Privados de actualizações salariais desde 2006, como explicou o secretário-geral do SPE, os professores portugueses que leccionam em países estrangeiros conseguiram, na sequência de negociações com o Ministério da Educação em Fevereiro, ver garantido um aumento salarial de 2,9%, igual ao aplicado à Administração Pública.

LER MAIS
.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Gripe A (H1N1) : Portugal com 248 infectados

O Ministério da Saúde português anunciou esta terça-feira a existência de mais nove casos confirmados de infecção pelo vírus da gripe A (H1N1), subindo assim para 248 o número total de pessoas infectadas em Portugal, desde que o primeiro caso foi registado no início de Maio.

"Estas pessoas têm vindo a retomar a sua vida diária, com normalidade. Não existiu, na maioria dos casos, necessidade de internamento hospitalar", acrescenta o Ministério da Saúde português.

Aníbal Coimbra regressou hoje ao Luxemburgo com medalha de bronze na bagagem

Aníbal Coimbra (na foto, à dta) regressou hoje ao Luxemburgo após ter conquistado a medalha de bronze nos "World Games" de powerlifting, este sábado, na Formosa. O atleta luso-descendente natural do concelho de Tondela era o único desportista do Grão-Ducado em prova, e não voltou de mãos a abanar.

LER MAIS

Fotos: Bernard Boubel

Investigadores da Universidade do Luxemburgo desenvolvem tecnologia de ponta no sector dos painéis solares

O Laboratório de Fotovoltaica (LPV) da Universidade do Luxemburgo (Uni.lu) acaba de desenvolver células para painéis solares fotovoltaicos de filme fino que atingiram uma eficácia de 12%, no que constitui uma pequena revolução no sector das energias renováveis.

Os cientistas do LPV recorreram para isso a células fotovoltaicas com um filme fino de semicondutores compostos por cobre, índio (indium), gálio e selénio.

As células fotovoltaicas de filme fino (ou superfino) constituem a nova geração de células para painéis fotoeléctricos e podem ser produzidas a um custo consideravelmente muito mais reduzido do que os modelos actuais, já que necessitam de menos material e energia.

Cientistas e investigadores do mundo inteiro competem actualmente para inventar as células fotovoltaicas de camada fina mais eficazes do mercado electrónico.

As células fotovoltaicas são dispositivos electrónicos capazes de transformar a energia solar ou a luz proveniente de outra fonte luminosa em energia eléctrica.

O Laboratório de Fotovoltaica da Universidade do Grão-Ducado trabalha actualmente também na pesquisa e na compreensão física dos materiais e interfaces de filme fino.

Portugal/Política: Sócrates fala da importância dos blogues

O secretário-geral do PS relativizou segunda-feira os exageros nos comentários de alguns "bloggers" na internet, contrapondo que os blogues constituem já actualmente um novo espaço que se abre à democracia política e cívica.

"Disseram-me que dizem muito mal de mim na blogosfera e vim ver se isso era verdade. Isso não é bem assim", comentou Sócrates, numa nota de humor, à entrada para um encontro com alguns dos principais autores de blogues portugueses.

Do encontro faziam parte representantes de blogues como o "Jugular", "Cronistas para mais tarde recordar", "Miúdos seguros na net", "Rua Direita", "O Afilhado", "País relativo", "O valor das Ideias", "Ideias em série", "Câmara dos Comuns", "31 da Armada", "Loja de Ideias", "Estado Sentido", "Portugal dos Pequeninos" e o "SIMplex".

"Os bloggers têm muito respeito por si próprios. Fazem o possível por transformar a liberdade dos seus blogues numa liberdade respeitosa - isso é um processo continuado", sustentou o secretário-geral do PS, depois de ter sido interrogado sobre a existência de "abusos" nos comentários feitos em alguns blogues.

"Bem sei que há exageros, mas o exagero faz parte do início da liberdade que os blogues constituem. Tenho esperança que a segurança que cada um dos bloggers vai sentido se transforme também em responsabilidade", acrescentou Sócrates ainda sobre o tema dos "abusos" na blogosfera.

Para o líder socialistas, os blogues constituem mesmo "um novo espaço que se oferece à democracia política e cívica".

"Tinha curiosidade em conhecer os principais bloggers do país e esta é uma boa oportunidade. Tenho o maior gosto em discutir política com eles. Esta é também a minha oportunidade para dizer o que tenho a dizer", afirmou ainda o líder socialista à entrada para o encontro com os bloggers.

Crónica "Avenida da Liberdade": Portugal Parado

Portugal já vive em campanha eleitoral, para as autarquias e para o parlamento, e a polícia judiciária fez buscas às casas de dois antigos ministros do cavaquismo, suspeitos no caso BPN. O desemprego continua a subir em flecha, as falências sucedem-se a um ritmo alucinante e os últimos indicadores do Banco de Portugal apontam para um agravamento da situação económica.

Tudo isto aparece nos noticiários, mas escapa ao debate político eleitoral. Sobretudo, os lideres dos dois maiores partidos preferem tratar a crise com alguma superficialidade, em vez de a discutirem a fundo. Lateralmente, vão-se discutindo nomes para as listas de candidatos, como se a diferença fosse grande, entre aqueles que estão em jogo.

Manuela Ferreira Leite pediu às federações distritais do PSD que enviassem à direcção nacional as listas de candidatos, com os nomes dispostos alfabeticamente. Depois, o ordenamento em lista seria decidido em Lisboa. A Federação do Porto foi a primeira a reagir e chamou a si valorização dos candidatos. A Federação de Vila Real também discutiu o assunto. Aquela estrutura escolheu, para cabeça de lista, o nome de Pedro Passos Coelho, natural da cidade e ex-candidato à presidência do partido. Mas a actuação de Passos Coelho durante a campanha para as europeias suscita dúvidas à direcção nacional e à própria Ferreira Leite, a tal ponto, que há quem defenda a sua exclusão das listas de candidatos. Em Vila Real, contrapõe-se que ele é a figura certa, para o partido obter um bom resultado, naquele círculo.

No PS, as questões são outras. Manuel Alegre insiste em não se candidatar, contrariamente aos desejos de José Sócrates que via nisso uma forma de mobilizar a ala esquerda do partido, descontente com os seus quatro anos e meio de governação. Para piorar, Alegre prometeu dar um sinal de apoio ao PS, mas não parece muito interessado em fazer campanha eleitoral, como lhe tem sido pedido. E aqui há uma explicação de peso. Alegre será, com alta probabilidade, candidato presidencial em 2011 e está-se a resguardar para essa altura, evitando associar o seu nome, mesmo que distantemente, a uma eventual derrota socialista, nas legislativas.

Com este problema para resolver, Sócrates criou outro, ao proibir as duplas candidaturas, às autarquias e à Assembleia da República. Foi acusado de alterar as regras a meio do jogo, tanto mais que, nas recentes europeias, permitiu que Elisa Ferreira e Ana Gomes fossem candidatas ao Parlamento de Estrasburgo, quando já estavam anunciadas as suas candidaturas às câmaras do Porto e Sintra, respectivamente. O que é que mudou, entretanto? A derrota do PS nas europeias e os péssimos resultados que as sondagens antevêem, em Sintra e no Porto. Logo, foi uma má opção que Sócrates agora corrige, embora muito em cima dos acontecimentos.

Fora disto, tudo são águas mornas. Depois de adiar decisões sobre o TGV e o novo aeroporto internacional de Lisboa, o Governo está a remeter, para a próxima legislatura, variadíssimos diplomas. A explicação é simples: já não tem força política e pretende também evitar polémicas, em plena campanha.

Dois antigos ministros de Cavaco Silva viram as suas residências revistadas, pela polícia judiciária, que procura elementos de prova, para o caso BPN. Os visados foram o inevitável Dias Loureiro e Arlindo de Carvalho que foi ministro da Saúde. É um caso que vai animar a campanha eleitoral, a que se deve juntar o caso Freeport. Ou então, e isso não será bom, haverá um pacto de silêncio, entre os dois maiores partidos.

Na área internacional, há que destacar o "pedido" de Obama, ao Governo de Israel, para que trave o projecto de construções em Jerusalém oriental, contestado pelos palestinianos. Benjamim Natahnyau rejeitou. O que tem grande significado é que, pela primeira vez, em muitos anos, a administração norte-americana afronta Israel. Será que as coisas estão a mudar?

Sérgio Ferreira Borge,
analista político

Portugal/Educação: Docentes portugueses no estrangeiro continuam sem aumentos salariais prometidos pelo Governo

Terça-feira, 28 de Julho, representantes do Sindicato dos Professores no Estrangeiro (SPE) e da Federação Nacional dos Professores (Fenprof), à qual o SPE é afecto, e alguns professores realizaram uma concentração junto à residência oficial do primeiro-ministro, em Lisboa.

"Queremos alertar fundamentalmente o senhor primeiro-ministro para o problema dos salários que ainda não foram aumentados e para a publicação do despacho que ainda não foi publicado e teria efeitos a partir de Janeiro", disse Carlos Pato aos jornalistas.

Apesar de prometido pelo Governo português, até hoje essas actualizações não foram feitas por ainda não ter sido publicado o respectivo diploma legal, apesar do Ministério dos Negócios Estrangeiros, que agora tutela estes professores, ter garantido em Março que ele já estava assinado, os professores viraram as queixas para o primeiro-ministro, José Sócrates.

No role das queixas está também a atribuição do subsídio de alimentação que -explicou o dirigente do SPE - só será atribuído a partir de Setembro.

"Compreendemos que o facto de ser só para Setembro leva a entender como a mudança da tutela do ensino português no estrangeiro a partir de 1 de Setembro para o Instituto Camões, mas achamos mal porque tinham-nos dito que todo o processo seria célere", criticou Carlos Pato.

O aumento do número dos horários incompletos é outro dos problemas que afecta muitos dos cerca de 600 professores no estrangeiro.

"No caso da França é flagrante e no caso do Reino Unido a mesma coisa e isso leva a que professores sejam colocados com 10, 12 ou 15 horas e que tenham de recorrer a um segundo ou terceiro emprego para conseguirem sobreviver", sublinhou o dirigente do SPE.

Joaquim Prazeres explica situação dos professores de português no Luxemburgo


Apesar dessa não ser a situação de Joaquim Prazeres, este professor colocado no Luxemburgo há 11 anos admite que muitos professores passam por dificuldades.

"No Luxemburgo estamos com um vencimento de cerca de 40% inferior aos colegas luxemburgueses e é lógico que a viver no mesmo país, com as mesmas condições de vida, isso afecta-nos no dia-a-dia", apontou.

Carlos Pato não percebe, assim, como é que o secretário de Estado das Comunidades, António Braga, pôde segunda-feira dizer que o "caso destes professores já estava resolvido".

Depois da concentração, o secretário-geral do SPE e o dirigente da Fenprof, Mário Nogueira, entregaram um documento reivindicativo ao assessor de José Sócrates para o Trabalho e Segurança Social, enquanto os restantes membros do SPE e os professores foram recebidos, na Assembleia da República, por representantes de todos os grupos parlamentares.

EUA/África: Hillary Clinton deverá visitar Cabo Verde a 8 de Agosto

Cabo Verde é o último dos sete países que a secretária de Estado norte-americana vai visitar entre 5 e 8 de Agosto, em que passará também por Angola, confirmou terça-feira à Agência Lusa fonte oficial na Cidade da Praia.

Segundo a fonte, a deslocação de Hillary Clinton insere-se no âmbito de uma visita consagrada às relações bilaterais e regionais, com a participação, em Nairobi, Quénia, no Fórum sobre a Lei de Crescimento e Oportunidades para África (AGOA), medida implementada pelos Estados Unidos a 18 de Maio de 2000 como parte da Lei de Comércio e Desenvolvimento.

LER MAIS
.

Gripe A (H1N1): Mais sete casos em Portugal desde domingo à noite

Portugal registou, desde domingo à noite, sete novos casos de gripe A (H1N1), anunciou segunda-feira o Ministério da Saúde português.

Até ao momento, foram confirmados em Portugal 239 casos de gripe A, desde que o primeiro caso foi detectado no início de Maio.

O Ministério da Saúde português salvaguarda que as pessoas que foram contaminadas com o vírus H1N1 "têm vindo a retomar a sua vida diária, com normalidade, não estando nenhuma delas hospitalizada".

Portugal: Apesar de promessa de actualização salarial de 2,9%, professores de Português no Estrangeiro protestam hoje frente à casa de Sócrates

O secretário-geral do Sindicato dos Professores no Estrangeiro (SPE) garantiu segunda-feira que a concentração marcada para esta terça-feira junto à residência oficial do primeiro-ministro mantém-se até que o Governo garanta que "efectivamente resolveu os problemas".

O anúncio foi feito pelo secretário-geral da SPE, Carlos Pato, apesar de a Federação Nacional dos Sindicatos da Educação (FNE), que ontem reuniu com a secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas (SECP), ter adiantado que os docentes em causa vão "passar a ganhar mais 2,9% com direito a retroactivos desde Janeiro último".

"O que foi dito hoje à FNE não é nada de novo e nós não queremos uma resposta dada pela FNE. Queremos que um responsável do Governo nos garanta que efectivamente os problemas estão resolvidos", frisou o dirigente da SPE, afecto à Federação Nacional dos Professores (Fenprof).

É por isso, salientou, que a concentração de docentes que dão aulas no estrangeiro - marcada para esta terça-feira junto à residência oficial de José Sócrates, em Lisboa - vai "manter-se até a SPE ser recebida por um responsável do gabinete do primeiro-ministro".

Carlos Pato salientou que, além da questão salarial e da não-separação dos subsídios de alimentação do valor da remuneração destes professores - questões que, alegadamente, ficaram resolvidas na reunião de segunda-feira entre a FNE e a SECP -, "há outras coisas em jogo", como o elevado número de horários incompletos existentes e o processo de avaliação de desempenho.

Uma posição partilhada pelo secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, que pediu "actos concretos" ao Governo.

"Se o Governo, por via da pressão feita pela Fenprof, entendeu chamar a FNE para dizer que vai resolver os problemas, é-nos indiferente. O que nos interessa é que os problemas ligados ao ensino português no estrangeiro sejam resolvidos", afirmou, garantindo que "o que importa é aquilo que vai ser dito amanhã [terça-feira] pelos responsáveis com os quais a SPE e Fenprof negoceiam".

Após a reunião que manteve segunda-feira à tarde com o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, António Braga, o secretário-geral da FNE, João Dias da Silva, adiantou à Lusa que o Governo, além da actualização salarial em 2,9% com direito a retroactivos, também garantiu que iria proceder à separação dos subsídios de alimentação do valor da remuneração destes professores "com efeitos a partir de Setembro de 2009".

Luxemburgo/Ténis ITF Roller Open: Espanhola Arantxa Parra-Santonja vence em Pétange

A tenista valenciana Arantxa Parra-Santonja (26 anos, WTA 145) arrecadou os 75 mil dólares em jogo na final do 10° Open Feminino ITF Roller disputado segunda-feira, 27 de Julho, em Pétange, ao bater, em dois sets (6-3, 6-2), a russa Ekaterina Bychkova (24 anos, WTA 133).

Nos pares, a equipa franco-tunisin Stéphanie Cohen-Aloro / Selima Sfar venceu a dupla germano-croata Daija Jurak / Kathrin Woerle (6-2, 2-6, 10-7).

As tenistas luxemburguesas ficaram pelo caminho: Mandy Minella eliminada antes das meias-finais; Stéphanie Baldinucci, Claudine Schaul e Anne Kremer, eliminadas na primeira volta.

Para 2010, a organização prevê aumentar o prémio da competição apra 100 mil dólares.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Portugal/Futebol: Selecção de Sub-21 defronta Irlanda do Norte na Guarda

A selecção portuguesa de sub-21 vai defrontar a Irlanda do Norte, a 11 de Agosto, no Estádio Municipal da Guarda, anunciou esta segunda-feira a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) no seu site oficial.

O jogo com a equipa irlandesa está marcado para as 17h15 e será a única de preparação para a fase de qualificação para o Europeu de 2011.

Portugal está integrado no Grupo 9 da fase de apuramento, juntamente com a Inglaterra, a Grécia, a Macedónia e a Lituânia, com quem inicia a qualificação, a 4 de Setembro.

Gasolina sobe terça-feira

O preço dos combustíveis aumenta a partir da meia-noite de hoje, segundo comunicado do Ministério da Economia e do Comércio Externo.

A partir de terça-feira, os novos preços tabelados passam a ser os seguintes:

Gasolina Super 95 octanas: 1,078 euros (aumenta 0,027 euros)

Gasolina Super 98 octanas: 1,097 (sobe 0,026 euros)

"Não faz sentido" Parlamento Europeu adiar votação de Durão Barroso, diz ministro Luís Amado

O ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) português, Luís Amado, disse hoje esperar que o Parlamento Europeu (PE) “se pronuncie definitivamente” em Setembro sobre a recondução de Durão Barroso como presidente da Comissão Europeia, afirmando que “não faz sentido” adiar o processo.

“Não faz sentido, do nosso ponto de vista, que o processo se estenda para lá da data já prevista, 16 de Setembro. É fundamental que o presidente da Comissão seja votado, de forma a garantir a estabilidade necessária para os meses seguintes, até final do ano”, declarou hoje Amado, em Bruxelas, à margem de uma reunião de MNE da UE.

Reiterando que a actual crise económica “exige uma Comissão forte, activa” e lembrando que o Conselho (Estados-membros) chegou a acordo, em Junho, sobre a recondução de Durão Barroso, Luís Amado disse que “seria bom para a Europa e para o projecto europeu que o presidente da Comissão fosse definitivamente designado a 16 de Setembro, e é essa a posição do Governo português”.

Os chefes de Estado e de Governo dos 27 chegaram a acordo, a 19 de Junho último, em Bruxelas, por unanimidade, para reconduzir José Manuel Durão Barroso no cargo de presidente da Comissão Europeia por mais cinco anos, tendo formalizado a indigitação no início de Julho.

Ao contrário do que desejavam o Partido Popular Europeu (PPE) – maior família política da assembleia – e o próprio Durão Barroso, a maioria dos grupos políticos do PE rejeitou realizar a votação sobre o futuro presidente da Comissão na sessão constitutiva da assembleia realizada entre 14 e 16 de Julho, em Estrasburgo, tendo pré-agendado a votação para a sessão de Setembro. No entanto, esta votação ainda terá que ser oficializada.

Diversos quadrantes políticos defendem que o PE só se deve pronunciar sobre o presidente da Comissão depois do segundo referendo irlandês ao Tratado de Lisboa, agendado para 2 de Outubro.

EUA/África: Hillary Clinton deverá visitar Cabo Verde a 8 de Agosto

Cabo Verde é o último dos sete países que a secretária de Estado norte-americana vai visitar entre 5 e 8 de Agosto, em que passará também por Angola, confirmou terça-feira à Agência Lusa fonte oficial na Cidade da Praia.

Segundo a fonte, a deslocação de Hillary Clinton insere-se no âmbito de uma visita consagrada às relações bilaterais e regionais, com a participação, em Nairobi, Quénia, no Fórum sobre a Lei de Crescimento e Oportunidades para África (AGOA), medida implementada pelos Estados Unidos a 18 de Maio de 2000 como parte da Lei de Comércio e Desenvolvimento.

A AGOA possibilita a entrada isenta de taxas alfandegárias no mercado norte-americano de produtos provenientes de países africanos, que se encontrem em fase de implementação de uma economia de mercado livre e de reformas políticas democráticas, processo em que Cabo Verde está incluído.

Fontes da Embaixada dos Estados Unidos na Cidade da Praia e do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde não confirmaram, porém, a data precisa em que Clinton estará no arquipélago, adiantando, por um lado, que nada está ainda oficialmente definido e, por outro, por razões de segurança.

De Nairobi, Clinton segue sucessivamente para a África do Sul, Angola, República Democrática do Congo (RDC), Nigéria e Libéria, terminando a digressão em Cabo Verde, no quadro daquela que é a primeira visita ao continente africano enquanto secretária de Estado norte-americana. Nigéria e Angola são os principais produtores de petróleo do continente africano.

Segundo um porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Clinton sublinhará, em cada um dos países a visitar, a importância do continente africano como um “mercado de oportunidades”, assente na “ética e na responsabilidade”.

Na digressão, Clinton vai igualmente realçar o empenho dos Estados Unidos em criar parcerias com os diferentes governos, com o sector privado e com organizações não governamentais e da sociedade civil para a criação de empresas, para que todos possam concretizar o seu potencial.

O porta-voz do Departamento de Estado norte-americano adiantou também que, nos encontros oficiais bilaterais, a chefe da diplomacia dos Estados Unidos vai “encorajar” a procura de “novas soluções para velhos problemas”, tendo como pano de fundo o poder da inovação e das novas tecnologias para criar as bases de um clima de estabilidade, desenvolvimento humano e crescimento económico sustentado.

Ainda nos encontros bilaterais, Hillary Clinton vai acentuar a necessidade de se impulsionarem no continente as regras da boa governação e de prevenção de conflitos e de actos violentos, incluindo a violência baseada no género, erosões democráticas e ameaças transnacionais, como o tráfico de droga, armas e pessoas.

A 21 deste mês, a vice-ministra das Relações Exteriores angolana, Exalgina Gambôa, explicou que Hillary Clinton visita Luanda depois da deslocação ao Quénia.

A deslocação da secretária de Estado norte-americana ocorre depois da visita do ministro das Relações Exteriores angolano, Assunção dos Anjos, em Maio, aos Estados Unidos, durante a qual manteve um encontro com Hillary Clinton e com altos funcionários da administração de Barack Obama.

Legislativas em Portugal: recenseamento eleitoral termina esta terça-feira

O recenseamento eleitoral para as legislativas em Portugal termina amanhã, dia 28 de Julho.

Para poder votar nas eleições legislativas em Portugal, agendadas para 27 de Setembro, os imigrantes portugueses no Luxemburgo devem proceder ao recenseamento no Consulado até à próxima terça-feira, dia 28 de Julho, levando consigo o bilhete de identidade e um certificado de residência (para os que não estão ainda inscritos no Consulado).

Os eleitores podem verificar se estão inscritos no site do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

Para mais informações sobre o recenseamento eleitoral, consulte a página do Consulado de Portugal no Luxemburgo.

Morada do Consulado:
282, Route de Longwy
L-1940 Luxemburgo

Autocarro 6 e 7 - Monterey - Quai 2
Telefone: (00 352) 453 34 71

Horário de atendimento:
Terça-feira, das 8h às 16h; restantes dias, das 8h às 13h

"World Games": Aníbal Coimbra traz medalha de bronze para o Luxemburgo


O luso-descendente Aníbal Coimbra conquistou a medalha de bronze nos "World Games" de powerlifting, este sábado, em Kaohsiung, na Formosa, conseguindo dois novos recordes pessoais na categoria de pesos-pesados (-100Kg).

O atleta, de 36 anos, levantou um total de 957,5 Kg (mais 7,5 Kg que a sua melhor marca), melhorando também a marca pessoal na flexão de pernas (squat) de 360 Kg para 367 Kg.

A medalha de ouro foi para o ucraniano Sergiy Pevnev (1.000 kg, 610,450 pontos) e a de prata para o polaco Jacek Wiak (965 kg, 590,291 pontos).

O várias vezes campeão disputava um lugar no pódio com mais 10 atletas, ficando a seis pontos do segundo classificado (957,5 Kg, 584,985 pontos) e conquistando o bronze para o Grão-Ducado.

Aníbal Coimbra, que em Maio se sagrou terceiro nos Campeonatos da Europa da modalidade, na Finlândia, integra o quadro de Elite do Comité Olímpico luxemburguês. O atleta era o único luxemburguês em competição nos World Games de Powerlifting, que decorreram sábado e domingo em Kaohsiung, na Formosa.

Portugal/Educação: Sindicato e Ministério dos Negócios Estrangeiros discutem hoje ensino de português no estrangeiro

A Federação Nacional dos Sindicatos da Educação (FNE) e o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) reúnem hoje para discutir o ensino de português no estrangeiro, na véspera de uma concentração de professores junto à residência oficial do primeiro-ministro.

Nesta reunião, a FNE espera que fiquem resolvidas questões como a actualização salarial dos docentes que dão aulas no estrangeiro, o que afirma não acontecer desde 2006, o elevado número de horários incompletos existentes e o processo de avaliação de desempenho.

Já se encontra a decorrer o concurso de recrutamento de docentes para o ensino de português no estrangeiro no ano escolar 2009/10, terminando às 18h da próxima sexta-feira (31 de Julho) o prazo para a entrega de candidaturas.

O Sindicato dos Professores no Estrangeiro (SPE), afecto à Federação Nacional dos Professores (Fenprof), convocou entretanto para amanhã, terça-feira, junto à residência do primeiro-ministro, uma concentração de docentes que ensinam no estrangeiro.

Os docentes vão lembrar que a actualização salarial, acordada com o Ministério da Educação, deveria ter efeitos a Janeiro de 2009, mas até à data ainda não foi publicado o diploma que a permite. Pelo mesmo motivo está comprometida para já a inclusão de um subsídio de alimentação, diz o sindicato.

O SPE critica também o "grande aumento" do número de horários incompletos, sobretudo em França e no Reino Unido, o que afirma ter "óbvias consequências no salário dos docentes", já que os obriga a transformar a profissão "em uma de várias actividades".

O protesto pretende-se ainda com o atraso na publicação em Diário da República do Regime Jurídico do Ensino de Português no Estrangeiro, o que, segundo o sindicato, "tem efeitos negativos" dada a proximidade do próximo ano lectivo e a necessidade de organização de acordo com as novas regras.

Bruxelas: Ministros dos Negócios Estrangeiros da UE analisam pedido de adesão da Islândia

O vice-primeiro-ministro e ministro dos negócios Estrangeiros (MNE) luxemburguês, Jean Asselborn, participa hoje e amanhã, em Bruxelas, com o seus homólogos da União Europeia dos 27 (UE 27) no "Conselho Assuntos Gerais e Relações Externas" (CAGRE), que deverá, entre outros assuntos, analisar o pedido de adesão da Islândia à UE.

Também o MNE português, Luís Amado, está hoje e amanhã na capital belga para participar no CAGRE.

Entre os assuntos da agenda dos MNE's da UE destacam-se as prioridades da presidência sueca da UE, a estratégia europeia para a região do Mar Báltico e a política de alargamento - a propósito do pedido de adesão da Islândia, dado que a Comissão deverá ser mandatada a produzir um relatório sobre a matéria.

Também a situação política na Somália e as vias para a UE aumentar o seu envolvimento, quer a nível bilateral quer com outros parceiros como a ONU e a União Africana, e ainda a perspectiva de uma possível missão exploratória à região, será assunto de discussão entre os ministros.

Espera-se que os ministros abordem a situação de segurança na região da Geórigia, atendendo à decisão do CAGRE de prolongar a missão europeia de observação na Geórgia pelo prazo de 12 meses, o que, para Bruxelas, constitui uma importante contribuição da UE para a estabilidade da região, após o encerramento as missões da ONU e da OSCE na Geórgia. A presidência sueca relatará a visita da troika ministerial ao Cáucaso Sul (16-20 de Julho), que incluiu uma visita à missão da Geórgia no terreno.

Durante o almoço de trabalho, os ministros analisarão a situação pós-eleitoral no Irão com base nas discussões realizadas em Corfu e Aquila e deverão abordar as questões do pessoal das embaixadas e da cidadã francesa mantida refém e ainda as implicações no relacionamento UE-Irão.

Trata-se do primeiro Conselho CAGRE sob presidência sueca, que assume as rédeas da UE entre 1 de Julho e 31 de Dezembro de 2009.

O ministro dos Negócios Estrangeiros sueco, Carl Bildt, e a sua ministra-adjunta para os Assuntos Europeus, Cecilia Malmström, vão ainda aproveitar para apresentar as prioridades da presidência sueca para os próximos seis meses.