terça-feira, 15 de março de 2011

Japão/Sismo: Número de mortos confirmados eleva-se a 2.414, mas tragédia pode ser muito maior

As autoridades japonesas atualizaram esta madrugada para 2.414 o número de mortos e para 3.118 os desaparecidos em consequência do sismo seguido de tsunami que abalou na sexta-feira a região nordeste do país.

Apesar dos números estarem constantemente a serem atualizados, as autoridades nipónicas não excluem a possibilidade destes virem a ser muito maiores e vários municípios já declararam milhares de desaparecidos ou mortos que não estão incluídos nas listas oficiais da polícia.

Só na cidade de Minamisanriku (na foto), na prefeitura de Miyagi, cerca de 9.500 pessoas, ou metade da população local, não é localizada desde sexta-feira, mas aqui as autoridades também colocam a possibilidade de parte dos desaparecidos/incontactáveis se terem refugiado em povoações vizinhas.

Na costa da província de Miyagi foram localizados cerca de 2.000 corpos, enquanto em cidade de Sendai, foram encontrados entre 200 e 300 vítimas, num cenário em que a zona costeira está completamente destruída e começam a escassear alimentos, enquanto a maioria das lojas está fechada, como testemunhou a agência Lusa no local.

Outra cidade que também poderá ser fortemente atingida é Otsuchi, na prefeitura de Iwate, onde 8.000 residentes também não estão localizados.

Mais de 100 mil japoneses, auxiliados por equipas estrangeiras especializadas em catástrofes continuam a trabalhar, dia e noite, nas zonas mais afetadas, não só em busca de eventuais sobreviventes que possam estar presos sob os escombros ou tenham sido arrastados para o mar pelo tsunami que atingiu os 10 metros de altura, mas também na recuperação dos cadáveres.

Sem comentários:

Enviar um comentário