sábado, 31 de julho de 2010

Luxemburgo: Caritas e "Bridderlech Deelen" ajudam indígenas do Brasil

Bolivar Sinãri e Laudovina Pereira com um tabuleiro que representa a principal produção do povo Xerente, o artesanato em vime e seda. Ambos estão ligados a projectos pelos indígenas no Brasil, em colaboração com instituições luxemburguesas como a "Bridderlech Deelen" ou a Caritas-Luxemburgo Foto: Gualter Veríssimo

A Fundação luxemburguesa "Bridderlech Deelen" (Partilha Fraterna), em colaboração com a Caritas-Luxemburgo, organizaram sábado, na "Mutterhaus der Franziskannerinnen" (Casa dos Franciscanos), na cidade do Luxemburgo, uma conferência sobre os vários projectos humanitários em África e na América Latina que as instituições apoiam.

Vindos do Burundi, Congo, Guatemala, mas também do Brasil, os intervenientes da palestra mostraram aos amigos do Luxemburgo os diferentes projectos humanitários levados a cabo no mundo, muitos deles iniciados há mais de uma década.

Bolivar Sinãri Xerente e Laudovina Pereira, vindos do Brasil, abordaram a situação actual das populações indígenas, não esquecendo todo o enquadramento histórico passado relativo à problemática da legitimidade da ocupação das terras.

Ludovina Pereira, do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), leva a cabo um trabalho "pela demarcação dos territórios indígenas no Brasil".

"Enquanto a demarcação legal das terras dos indígenas não for concluída, os povos vivem em constante conflito entre eles mas também com a sociedade envolvente que, devido a interesses económicos, também cobiça os territórios", diz Laudovina. Os apoios que são prestados neste projecto, onde colabora tanto a Caritas-Luxemburgo como a Briddelech Deelen, passam por formações e seminários sobre os direitos legais dos indígenas.

Bolivar Sinãri, indígena do povo Xerente (Estado do Tocantins, Região Norte do Brasil), estudante em Direito na Universidade Federal do Tocantins, vai mais longe e aponta o dedo a Brasília. "O governo brasileiro bloqueia o direito dos indígenas às suas terras", acusa. Vestindo alguns adereços típicos do seu clã, Bolivar falou da evolução a que se assiste no seu povo, nomeadamente ao "papel de decisão e de intervenção da mulher", outrora proibido, hoje esquecido.

Joseph Kalamba, do Congo, e Maggy Barankitse, do Burundi, apresentaram as acções que organizam para que as crianças possam instruir-se. No Congo, a construção de escolas dignas "preenche uma lacuna enorme de que não tive a oportunidade de usufruir enquanto criança", conta Kalamba. No Burundi, onde a terra "é bafejada pela guerra e pela proliferação de crianças-soldados", existe há 17 anos o projecto "Maison Shalom" (Casa da Paz), "onde as crianças que viram morrer os seus familiares na guerra e que são o sangue novo do país, vão à escola e podem até aprender uma profissão", explica Maggy.

Durante a conferência, a assistência pode ainda compreender como Christoph Gempp, um suíço a viver há mais de 15 anos na Guatemala, aí desenvolveu projectos de "educação cultural" visando as mudanças de mentalidade das populações locais, por forma a garantir a sua auto-subsistência através de técnicas agrícolas", contou.

Esta conferência propôs-se sobretudo mostrar que existe uma rede mundial humanitária, com intervenientes dispersos, no sentido de proporcionar uma harmonia social entre os povos dos cinco continentes.

texto e foto: Gualter Veríssimo

44a Volta ao Luxemburgo a Cavalo, de 7 a 13 de Agosto

A 44a Volta ao Luxemburgo a Cavalo decorre de 7 a 13 de Agosto.

A edição 2010 deste itinerário equestre passa por Pommerloch, Ischeid, Munshausen, Dahnen e termina seis dias mais tarde em Weiswampach, na fronteira norte do país.

Para participar neste passeio, é preciso ser proprietário de um cavalo ou pedir um cavalo emprestado, com as devidas vacinas em dia e bem treinado. Um bom domínio do cavalo e dos equipamentos é uma das condições necessárias para participar.

Uma reunião prévia para os participantes tem lugar na segunda-feira, 2 de Agosto, às 20h, no Hotel Euro, em Gonderange.

Mais informações em www.hippoline.lu

Foto: Arquivo LW

Festival Medieval de Vianden arranca hoje



A nona edição do Festival Medieval de Vianden arranca hoje no castelo daquela localidade. Até 8 de Agosto, aquela cidade do Norte do país acolhe 150 actores que vão recriar cavaleiros, músicos e artesãos dos tempos medievais. Não falta a comida, servida no estilo da época por taberneiros fardados a rigor, ou os ferreiros, alquimistas e os falcoeiros.

Pontos altos da festa: este domingo, dia 1 de Agosto, os visitantes vão poder apreciar o desfile de fanfarras do Palatinado. Depois, há animação e eventos previstos todos os dias, culminando com o espectáculo de encerramento dia 8 de Agosto, às 18h, na galeria bizantina da fortaleza.

Mais informações no site "Amis du château de Vianden", que organizam o Festival, ou pelo telefone 83 41 08-1.
Foto: Amis du Château de Vianden

sexta-feira, 30 de julho de 2010

UEFA: Marítimo e Sporting praticamente apurados


O Sporting venceu ontem, na Dinamarca, o Nordsjaelland, por 1-0, em encontro da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa do futebol, o primeiro jogo oficial dos "leões" na temporada 2010/11.


Na estreia do técnico Paulo Sérgio, o montenegrino Simon Vukcevic marcou o tento do clube de Alvalade, aos 24 minutos, após passe de Maniche, e garantiu no Farum Park o primeiro triunfo da época em jogos oficiais.

O encontro da segunda mão está agendado para 5 de Agosto, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.


O Marítimo garantiu ontem, por antecipação, a presença no "play-off" de acesso à fase de grupo da Liga Europa de futebol, ao golear os galeses do Bangor City, por 8-2, na primeira mão da terceira pré-eliminatória.


O volumoso resultado conseguido no Estádio da Madeira, no Funchal, torna em mera formalidade o jogo da segunda mão, a 5 de Agosto, no Pais de Gales. Tchô (33 minutos) e Danilo Dias (38) fixaram o resultado ao intervalo. Baba (51) ampliou a diferença já na segunda parte e Nicholas Ward ainda reduziu (73), mas o último quarto de hora do Marítimo foi demolidor.


Danilo Dias (75), Baba (77) e Tchô (79) bisaram, dando uma expressão inesperada ao resultado, ampliada ainda pelos tentos de Kanu (80) e Fidelis (90), aos quais o Bangor City ainda respondeu já em período de compensação, por Eddie Jebb (90+3).

Correria intensa para o iPhone 4 que chegou hoje ao Luxemburgo

O novo smartphone da Apple, o iPhone 4, chegou esta sexta-feira ao mercado luxemburguês, depois de ter saído nos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha e Japão, a 24 de Junho.

Para este novo happening tecnológico da empresa de Steve Jobs, a operadora luxemburguesa Tango abriu excepcionalmente a sua loja-sede, em Bertrange, à meia-noite, e esta madrugada, quando a reportagem do CONTACTO passou por lá entre as 4 e as 5h, havia muita gente à porta e já uma centena de aparelhos tinham sido vendidos.

200 pessoas à meia-noite, à porta da Tango, para serem os primeiros proprietários de um iPhone 4

Segundo Luís Câmara, director de marketing da Tango, "antes de abrirmos a loja ontem à noite estavam mais de duzentas pessoas a fazer fila". "Nós tinhamos concordado vender apenas cem aparelhos e foi o que fizemos. Às restantes pessoas, pedimos para virem esta manhã. Para atender os cem primeiros proprietários de um iPhone 4 e activar os respectivos aparelhos tivemos os nossos funcionários a trabalhar até às 5h da manhã. Fechámos a loja até às 7h e a essa hora já havia uma nova fila diante da nossa porta", conta o responsável.

"Desde as 7h da manhã, vendemos pouco mais de uma centena de iPhone 4 porque entretanto já todas as outras operadoras começaram a vender o aparelho", confia ainda Luís Câmara.

A Tango está a propor o novo "brinquedo" da Apple a preços que variam entre os 49 euros e os 279 euros, dependendo da capacidade do aparelho (disponível em 16 e 32 GB), a assinatura e das opções que o assinante escolher.

Também as operadoras Orange (ex-Vox) e LuxGsm e todas as outras lojas que vendem telemóveis abriram esta manhã com a grande novidade.

Junto da Orange foi possível saber que a operadora está a vender o aparelho que visa substituir o iPhone 3 Gs (em comércio há pouco mais de um ano) a preços que variam entre os 19 euros e os 259 euros, dependendo da capacidade do aparelho, da assinatura e das opções.

Não foi possível, até ao momento, obter mais informações sobre preços e vendas das outras operadoras nacionais de telefonia móvel que também têm o iPhone 4 já venda.

Os primeiros iPhone 4 vendidos apresentaram alguns problemas técnicos, nomeadamente na recepção das redes de telefonia móvel nos vários paises onde foram inicialmente lançados.

Compare as diferenças que existem entre as 4 gerações de iPhone




O iPhone 4 dispõe de:
- ecrã táctil Retina de alta resolução, nunca antes utilizado num telemóvel
- FaceTime, o vídeo mais rápido e na melhor definição de sempre em telefonia móvel
- aparelho fotográfico de 5 megapixels
- Flash LED
- gravador de vídeo HD (alta definição)
- sistema operativo IOS4
- processador A4 da Apple
- giroscópio 3 eixos
- bateria com maior duração (+ 40% em tempo de chamadas)
- o smartphone mais fino de sempre
- mais de 100 funcionalidades
- acesso a mais de 200 mil aplicações (na Apple Store), incluindo o iMovie
- novo design em vidro e aço inoxidável, com antena incorporada
- possibilidade de alternar vários fundos de ecrã

Muito esperado, mas já envolto em polémica

Apenas uma semana apenas após o lançamento do iPad, também da Apple e cujos stocks esgotaram em menos de 8 horas com a venda de centenas de aparelhos em apenas 4 lojas do Grão-Ducado, a quarta geração do iPhone era outro dos brinquedos tecnológicos mais esperados este ano no Luxemburgo.

No entanto, assim que foi lançado nos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha e Japão, a 24 de Junho último, o iPhone 4 começou a demonstrar problemas de recepção das redes de telefonia móvel, "sobretudo quando o utilizador carrega no canto inferior esquerdo do aparelho, precisamente onde está localizada a antena interior", refere um comunicado tanto da revista "Que Choisir" francesa (publicação de defesa do consumidor) bem como comunicados das suas congéneres britânica "Consummers Report" e americana "Consummers Union". Estes centros de defesa dos consumidores acusam a Apple de ter lançado o aparelho já com este "defeito".

A Apple começou por negar o problema, mas em vários desses paises a empresa já propôs a muitos utilizadores substituir o aparelho ou reembolsá-lo na íntegra.

Noutros casos, os vendedores e revendedores recusando-se a reembolsar os utilizadores, estes levaram os casos à justiça, com o apoio de uniões de consumidores locais ou nacionais.

"Novo software corrige o defeito"

Luís Camara, da Tango, desdramatizou a polémica e garantiu ao CONTACTO que "os novos aparelhos" actualmente comercializados "possuem um novo software que visa corrigir esse erro e, por isso, não estamos à espera, em princípio, de problemas desse carácter aqui no Luxemburgo".

JLC
Foto: Apple
Video: YoutTube

Luxemburgo: Autocarros com portugueses já começaram a partir em direcção a Portugal


Apesar de a grande partida dos portugueses para férias estar prevista para este fim-de-semana, já foi possível, assistir no sábado passado bem como ontem, quinta-feira à noite, no parque do Glacis, na cidade do Luxemburgo, aos preparativos para a partida de algumas centenas de conterrâneos.

Ontem partiram da cidade do Luxemburgo 582 passageiros em 12 autocarros. Já no sábado passado tinham partido os primeiros 250 portugueses rumo umas merecidas férias.
O CONTACTO esteve lá.

Sob a organização da companhia de autocarros Sales Lentz, mas em colaboração com outras empresas, como a Taki-Talá, envolvidas na logística, partiram no sábado passado seis autocarros da cidade do Luxemburgo, com duas centenas de portugueses a bordo. Paragens previstas em Differdange, Rodange, Hagondange, Metz e Nancy para recolher mais passageiros. Segundo Diane Flammang, funcionária da Sales Lentz, que esteve de serviço no sábado a coordenar as diferentes partidas que levariam cada autocarro a diferentes regiões de Portugal, estariam de malas feitas cerca de 250 pessoas nesse dia.

Porque viaja de autocarro?

A pergunta que se faz, é, nos dias de hoje, o que leva as pessoas a ainda preferirem fazer uma viagem tão longa, de cerca de 24 horas, em vez de optarem pelo avião.

Os motivos são vários, prendendo-se na maior parte com o facto de mesmo as companhias aéreas de baixo custo praticarem preços proibitivos nesta altura do ano, não permitindo o transporte de muitas bagagens. Outros dos motivos evocados pelas portugueses que a nossa reportagem entrevistou é também o facto de que quando se trata de uma família inteira a diferença de preço entre o avião e o autocarro ser de facto significativa.

Armando e Maria da Conceição Gomes, casal de partida para Tondela, confiam-nos: "Costumamos fazer a viagem de autocarro uma vez por ano, precisamente nesta altura do Verão. É mais vantajoso fazer a viagem de autocarro". Em Portugal contam ficar um mês de férias até a reabertura da empresa em que Armando trabalha.

De partida para Mortágua, Manuel Andrade, reformado, e Maria Alice, ainda activa e com três semanas de férias, optaram pelo autocarro pelas mesmas razões.

"É mais económico do que o avião e ficamos quase à porta de casa, enquanto que se tivermos de voar para Lisboa ou para o Porto, ainda teríamos de acumular o custo do aluguer de um carro ou de um táxi, para mais umas centenas de quilómetros", dizem-nos. À pergunta, como pensam entreter-se durante tanta hora, "à conversa, a dormir e a comer", diz Maria Alice ao CONTACTO, divertida.

A imposição de novas e cada vez mais restritas regras de segurança em relação aos condutores de autocarros parece não trazer consenso. Se para uns há 20 anos a viagem se fazia mais rapidamente por piores estradas, hoje os motoristas são obrigados a parar de quatro em quatro horas, fazendo, em alguns casos, a viagem a três para se poderem revezar. De Haan, um dos motoristas da empresa de autocarros Unsen, uma das subcontratadas para estas viagens, confirma: "Os motoristas substituem-se. Dois deles vão até Espanha e um outro trata do final do percurso já em Portugal".

Se é verdade que tanta paragem acaba por ser cansativa, será talvez o preço justo a pagar por uma viagem que não está livre de perigos.

António e Alda Queta embarcavam para a Lisboa, ele durante um mês e meio, ela, estudante, até ao início do próximo ano lectivo.

Já para Rosa Amélia Santos, natural de Santana, Figueira da Foz, esta é só a segunda vez que viaja de autocarro, em vários anos. Para a longa viagem tinha previsto água e revistas. Empregada no meio hospitalar, tem duas semanas de férias e por enquanto ainda só tinha o bilhete de ida, estando ainda indecisa sobre como iria voltar. A fazer o trajecto inverso à maior parte dos viajantes estava Amadu Oliveira, estudante em Portugal que tinha vindo ao Luxemburgo visitar os pais durante uma semana. Como companhia tinha o computador e esperava que a bateria deste se aguentasse ao longo da viagem.

O primeiro grande grupo de autocarros do Verão 2010 partiu à hora prevista, sob chuva e em direcção a latitudes mais quentes.

Outras partidas em autocarro para Portugal estão previstas para esta noite e para amanhã à noite, sábado, não só da cidade do Luxemburgo, mas de Ettelbruck e de Esch/Alzette.

Muitos portugueses – mais de 40 mil, estima-se –, partem nestes dias de férias para Portugal. Alguns vão optar pelo avião, outros ainda pelo automóvel. A estes últimos, aconselha-se muitas paragens obrigatórias para descansar e se possível partir ao domingo para garantir um percurso mais tranquilo. A todos, boas férias!

Suzana Lopes Cascão/Rda
Fotos: M.anuel Dias / Carlos Almeida

Luxemburgo: Férias colectivas já começam hoje para alguns

As convenções assinadas entre os sindicatos luxemburgueses e os representantes do patronato em três sectores principais de actividade ditam no Luxemburgo o período das férias ditas "colectivas" para quase todos os assalariados desses sectores.

O sector da construção e da engenharia civil entra de férias hoje, 30 de Julho, prolongando-se a pausa estival até 20 de Agosto (também uma sexta-feira).

O sector dos rebocadores de tectos e fachadas, bem como o dos técnicos do gesso ("plafonneurs-façadiers"), está de férias a partir de amanhã, 31 de Julho, e o regresso ao trabalho está previsto para 20 de Agosto.

Os instaladores sanitários, de aquecimento, climatização e refrigeração estão de férias, entre 2 e 20 de Agosto.

Luxemburgo: Consagração de Andy Schleck com triunfo na Gala Tour de France


Andy Schleck foi a grande figura da Gala Tour de France 2010 que se realizou ontem, na capital luxemburguesa, não só por ter ganho a prova que se disputou no bairro da gare, mas principalmente pela participação brilhante na Volta a França, onde obteve o segundo lugar.
Mais de 40.000 pessoas assistiram à prova e tiveram a oportunidade de ovacionar os seus ídolos em verdadeiro ambiente de festa.

Fränk, que vai participar brevemente na Volta a Espanha, já se encontra praticamente recomposto da tripla fractura da clavícula. Juntou-se a Andy na Gala para participar na festa e lamentou não ter podido ajudar o irmão a chegar de "amarelo" a Paris.

No entanto, da parte de Andy, a promessa ficou feita: "Para o ano estarei ainda melhor e espero vencer a Volta. Tenho a certeza de que se o Fränk lá estivesse este ano poderíamos ter derrotado Contador". Philippe Gilbert, em segundo e Nicolas Roche em terceiro, completaram o pódio da Gala, atrás de Andy Schleck.
Ben Gastauer foi designado o corredor mais combativo, Alessandro Ballan o melhor sprinter e Laurent Didier o melhor luxemburguês.

Portugal: Morreu actor António Feio

O actor e encenador português António Feio morreu na quinta-feira à noite, aos 55 anos, no Hospital da Luz, em Lisboa, onde estava internado desde terça-feira.

António Feio, que sofria de um cancro no pâncreas, morreu às 23h40 (hora de Lisboa), na unidade de Cuidados Paliativos do Hospital da Luz.

António Feio, natural de Maputo, Moçambique, começou a sua carreira aos 11 anos, no Teatro Experimental de Cascais, depois de o seu diretor, Carlos Avilez, o ter convidado para fazer a peça "O Mar", de Miguel Torga, que estreou a 6 de Maio de 1966.

Além de teatro e revista, o actor fez ainda televisão, rádio, publicidade e cinema, tendo ficado conhecido pela dupla cómica que formava com o actor e amigo José Pedro Gomes.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Folheto xenófobo enviado aos moradores do sul do país: Procuradoria abre inquérito

O procurador do Luxemburgo, Robert Biever, abriu inquérito ao caso do folheto xenófobo distribuído na semana passada pelas caixas-de-correio dos moradores de Kayl e Tétange. A Procuradoria soube do caso na semana passada e ordenou a abertura de um inquérito à Polícia de Esch, revelou hoje ao CONTACTO o porta-voz da instituição, Henri Eippers.

Em causa poderá estar o crime de incitamento ao ódio racial, punido pelo Código Penal luxemburguês com uma pena até dois anos de prisão e uma multa de 251 a 25 mil euros.

O folheto alegadamente xenófobo foi distribuído pelas caixas-de-correio dos habitantes de Kayl e Tétange, no sul do país, em 22 de Julho, segundo notícia avançada pelo Bomdia.lu e pelo portal news352.lu. Mas ao contrário do que avançavam aqueles portais em língua portuguesa, os portugueses não são referidos no folheto a que o CONTACTO teve acesso.

No documento, com o título de "Carta aberta à comuna de Kayl-Tétange", diz-se que os estrangeiros "mijam e cagam o nosso país, destroem a natureza, consomem os nossos recursos", e obrigam os luxemburgueses a falar francês.

O autor da brochura é Pierre Peters, economista luxemburguês que fundou em 1994 o Movimento Nacionalista ("National Bewegong"), entretanto interditado pelos tribunais luxemburgueses. Peters é conhecido por ter distribuído outros folhetos alegadamente xenófobos na zona, disse ao CONTACTO Stéphanie Reichert, do serviço de comunicação da Polícia grã-ducal.

Na carta aberta distribuída aos moradores de Kayl e Tétange, Peters acusa a autarquia de lhe dificultar o acesso a um terreno que possui na zona e de permitir a passagem a "pretos" e "gente de Leste" - o nome dado pelo luxemburguês aos estrangeiros que trabalham no serviço "Objectif Plein Emploi", financiado pela autarquia.

"Expulsem os estrangeiros!", incita Pierre Peters na carta aberta à autarquia. "Eu nunca me deixarei oprimir nem comandar pelos vossos estrangeiros, nem que [eu] seja o último luxemburguês". "Podem chamar a Polícia ou levar-me a Tribunal", prossegue Peters. "Metam os vossos estrangeiros noutro lado!".

O folheto foi igualmente publicado na internet. No site, Pierre Peters queixa-se igualmente da invasão de carros de matrícula estrangeira nas estradas luxemburguesas, e acusa "os franceses, portugueses, belgas e jugoslavos" de serem os responsáveis pelo trânsito e de conduzirem "como loucos".

Esta é a segunda vez no espaço de um mês que a Procuradoria do Luxemburgo abre inquérito por alegado incitamento ao ódio racial, depois do caso do e-mail xenófobo enviado por um membro da Polícia grã-ducal.

Vóleibol: Luxembourg Beach Open, em Esch/Alzette, este fim-de-semana

O Volleyball Club d'Esch-sur-Alzette organiza este fim-de-semana a 16a edição do "Luxembourg Beach Open" no Gaalgebierg em Esch.

O início do torneio está previsto para sábado, 31 de Julho, às 10h. Domingo, 1 de Agosto, o evento retoma às 10h, sendo que as finais se disputam por volta das 17h.

Esta edição 2010 realizar-se em cinco campos, para os quais são necessários cerca de 1.000 toneladas de areia.

Foto: Lucien Wolff/LW

Universidade do Luxemburgo quer aumentar propinas no segundo semestre de 2011

A Universidade do Luxemburgo anunciou a sua intenção de aumentar os preços das propinas. O segundo semestre de 2011 vai passar a custar 200 euros em vez dos 100 actuais. O aumento das propinas vai servir essencialmente para cobrir os novos serviços aos estudantes como o número de alojamentos universitários que vai aumentar de 450 para 600 até 2013 bem como para financiar um serviço de orientação profissional a criar em 2011.

A União Nacional dos Estudantes do Luxembourg (UNEL) diz-se indignada face a este aumento – que considera ilegal – e pretende que a medida não seja concretizada. A associação alega ainda que a formação superior é um bem público e que à imagem de grande parte das universidades europeias, as propinas devem ser aumentadas gradualmente, já que restringem cada vez mais o acesso ao ensino superior a muitos jovens.

Foto: Marc Wilwert

Liga dos Campeões: Braga bate Celtic por 3-0


O Sporting de Braga bateu ontem à noite os escoceses do Celtic, por 3-0, e colocou-se em vantagem na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões de futebol, após o encontro da primeira mão disputado no Minho.

O brasileiro Alan, na conversão de uma grande penalidade aos 26 minutos, o nigeriano Elderson (76), na sequência de um canto, e Mateus (88), com uma "bomba" de fora da área de livre direto, marcaram os golos dos arsenalistas e atuais vice-campeões nacionais, na estreia sdo Braga na "Champions".

A partida da segunda mão está agendada para o dia 4 de Agosto, no Celtic Park, em Glasgow (Escócia).

Luxemburgo: Desemprego volta a subir



Ainda que ligeiramente, o desemprego voltou a subir no Luxemburgo e situa-se agora nos 5,7 %. Os números foram revelados, ontem, após a habitual reunião do Comité de Conjuntura. A 30 de Junho, o número de pessoas sem emprego residentes no Luxemburgo registadas na ADEM era de 13.477. Este número representa um aumento de 0,3 % (39 pessoas) em relação ao mês precedente.

Apesar de não se tratar de uma situação alarmante, a comparação em relação ao mês de Junho de 2009 mostra que os números evoluíram de forma significativa. Num ano o número de pedidos de emprego aumentou 7,7 % (965 pessoas). Se tivermos em conta as pessoas que beneficiam de uma medida de reinserção profissional, o número de desempregados atinge 17.467 pessoas, o equivalente a 7,3 %.

O Comité de Conjuntura diz ter ainda analisado 54 pedidos de empresas para o desemprego parcial, tendo 47 obtido parecer favorável.

Luxemburgo: Grande manifestação em Setembro contra sistema de bolsas que deixa de fora filhos de fronteiriços

As centrais sindicais OGB-L e LCGB prometem uma grande mobilização para a manifestação que organizam a 16 de Setembro, às 17h, na place Clairefontaine, na cidade do Luxemburgo, para protestar contra o novo sistema de bolsas para o ensino superior que, denunciam, deixa de fora os filhos dos trabalhadores fronteiriços.

Um novo sistema de bolsas "mais generoso" foi introduzido em Julho pelo Governo para compensar o corte dos abonos familiares para os filhos com mais de 21 anos. O problema é que este novo sistema se aplica apenas a trabalhadores residentes, o que a OGB-L considera ser extremamente injusto.

"Dos 339 mil trabalhadores que o Luxemburgo tem actualmente, 148 mil são fronteiriços. Ou seja 44% da população activa. Se trabalham cá, se descontam cá, devem beneficiar dos mesmos benefícios que os outros trabalhadores do país", reivindicam as duas centrais sindicais em uníssono.

Esta discriminação põe em perigo paz social

Para a OGB-L, o facto de os filhos dos fronteiriços não poderem aceder a estas bolsas "é injusto", e vai "fomentar "sentimentos de discriminação" que podem vir a perigosamente "afectar a paz social" de que goza o Luxemburgo.

Queixa enviada para Bruxelas

A OGB-L já anunciou que vai mesmo apresentar queixa do Luxemburgo à Comissão Europeia por este violar o direito comunitário.

"É inaceitável que o Governo queira poupar dinheiro em detrimento dos fronteiriços. É intolerável penalizar trabalhadores sem os quais a economia luxemburguesa não se ageuntaria", lamenta a OGB-L que informa ainda ter enviado um carta sobre o assunto, há mais de uma semana, ao primeiro-ministro e que este ainda não se dignou a responder.

Corrupção: Portugal é dos membros da OCDE que menos cumpre recomendações

Portugal está entre os estados-membros da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) que aplicam “pouco ou nada” as recomendações da entidade sobre corrupção internacional, aponta um relatório da Transparência Internacional (TI) hoje divulgado.

A mesma critica é apontada a 19 outros paises da OCDE, que representam 15% das exportações mundiais: África do Sul, Áustria, Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Grécia, Hungria, Irlanda, Israel, México, Nova Zelândia, Polónia, Portugal, República Checa e Turquia.

No grupo de paises que, segundo a Transparência Internacional, “aplicam mais activamente” as indicações da OCDE, encontram-se a Alemanha, Dinamarca, Estados Unidos, Itália, Noruega, Reino Unido e Suíça.

Luxemburgo: Canal Luxe.Tv despede 24 dos 37 trabalhadores

O canal Luxe.Tv vai despedir 24 dos seus 37 trabalhadores, deixou filtrar esta semana para a imprensa uma fonte daquela estação de televisão internacional mas sedeada no Luxemburgo.

Era público que o canal estava há meses em dificuldades financeiras. Quem será despedido saber-se-á apenas após a reunião entre o administrador, os accionistas, os trabalhadores e uma delegação da OGB-L que começa esta manhã às 10h.

O canal foi criado em Junho de 2006 por Jean Stock, conhecido profissionnal do audiovisual que passou pela rádio RTL, a RTL Television, a TV5 Monde e ajudou a fundar canais como o M6. Hoje, preside a Luxe.Tv com o seu filho Jean-Philippe Stock, num canal que tem ainda um terceiro co-proprietário, o milionário russo Sergueï Pougatchiov, apelidado em Moscovo "o banqueiro de Putin".

Mundiais de atletismo: Portugal alcança três medalhas em Barcelona


A saltadora em comprimento, Naide Gomes, repetiu ontem, quarta-feira, a medalha de prata obtida em Gotemburgo2006 com o seu melhor salto da temporada (6,92 metros) nos Europeus Barcelona2010, conquistando a 22ª medalha para Portugal em eventos do género.

Após liderar, com um primeiro ensaio de 6,64 metros, a atleta do Sporting viu-se relegada para o quarto e até o quinto posto, com um salto nulo pelo meio, devido aos desempenhos da armada de Leste.


“Queria ganhar, lutei até ao fim, mas no último salto já entrei a medo por causa do joelho. E... uma medalha é uma medalha”, congratulou-se a saltadora originária de São Tomé e Príncipe, com 30 anos.

Jessica Augusto obteve ontem a medalha de bronze nos 10.000 metros dos Campeonatos do Mundo de atletismo, que estão a decorrer em Barcelona.

Com esta medalha, Portugal aumenta para três o total de medalhas já conquistadas - as outras foram a prata de Naide Gomes no comprimento e a de bronze de João Vieira, nos 20 km marcha.


A prova foi ganha pela turca de origem etíope Elvan Abeylegesse, atual vice-campeã mundial e olímpica, em 31.10,23, registando Jessica 31.25,77, perdendo por pouco para a russa Inga Abitova (31.22,83), que aqui defendia o título de Gotemburgo2006.

Ana Dulce Félix foi nona posicionada, com 33.12,93, enquanto Sara Moreira desistiu, ainda nas primeiras voltas.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Luxair voa para Cabo Verde a partir de Dezembro, reservas já a partir de sexta-feira

A Luxair vai passar a voar para Cabo Verde a partir de 20 de Dezembro. O arquipélago é o novo destino turístico no catálogo de Inverno da Luxair Tours, o grupo de viagens organizadas propriedade da companhia aérea luxemburguesa, anunciou a empresa esta segunda-feira.

As viagens para o arquipélago a partir do Luxemburgo deverão arrancar no próximo mês de Dezembro e prolongar-se até 5 de Abril do próximo ano. A Luxair vai ter voos para o Sal e para a ilha da Boavista, tornando-se o primeiro operador da Grande Região a fazer escala no arquipélago.

O catálogo de Inverno da Luxair Tours inclui programas de férias durante nove a 16 dias com hotel incluído, em regime de meia-pensão ou pensão completa. Os voos estarão também disponíveis para quem não queira adquirir o "pacote" integral proposto pela Luxair, que inclui estadia em hotéis seleccionados pela empresa.

A pensar na comunidade cabo-verdiana que vive no Luxemburgo, a companhia aérea luxemburguesa propõe voos ida e volta (sem hotel) a partir de 398 euros. As reservas podem ser feitas a preços "First Minute" (mais baratos) a partir desta sexta-feira, junto da Luxair ou numa agência de viagens.

O catálogo de férias de Inverno da Luxair está igualmente disponível nas agências de viagens.

Luxemburgo foi o país da UE cuja população mais cresceu - também graças aos portugueses

O Luxemburgo foi o país da União Europeia cuja população mais cresceu em 2009 com um aumento de 17,2%. Simultaneamente é o pais que registou o maior saldo migratório em 2009, revela um estudo do Eurostat, divulgado esta semana.

Estes recordes ficam-se também a dever à imigração constante de muitos portugueses para este país. Estes continuam a ser a maior comunidade estrangeira, com mais de 79 mil residentes, segundo o Statec, o gabinete de estatísticas luxemburguês, mas que já teriam chegado aos 100 mil, segundo o Consulado de Portugal.

Os números do instituto de estatísticas da UE vêm apenas confirmar o que o Statec já anunciara: que a população aumentou, entre Janeiro de 2008 e Janeiro de 2009, de 483.800 para 493.500 habitantes. E desde então terá mesmo ultrapassado os 506 mil habitantes, sendo 43% estrangeiros.

Ressalve-se que os números do Eurostat são fornecidos pelo Statec e que estes são estimativas que o gabinete de estatísticas luxemburguês actualiza duas vezes por ano. Recorde-se que o Luxemburgo (bem como muitos outros paises) só procede ao rencensemaneto da população uma vez por década. O próximo recenseamento decorre em Fevereiro de 2011 e é obrigatório para todos os habitantes.


Mês de Junho de 2010 no Luxemburgo: centenas de portugueses festejam nas ruas da capital luxemburguesa as vitórias da selecção das quinas no Mundial Foto: Manuel Dias

Destaques da edição de 28 de Julho de 2010 do semanário CONTACTO


Esta semana, o Contacto destaca na sua primeira página a distinção de Aníbal Coímbra na categoria de Desporto dos Prémios Talento, galardão atrubuido pelo Governo português aos cidadãos que vivem na diáspora e a partida para férias de grande parte dos imigrantes lusos residentes no Luxemburgo, rumo a Portugal.


Destaque ainda, nesta edição, para a saúde financeira de bancos luxemburgueses e portugueses face aos testes de stress efectuados na semana passada pelo Comité de Supervisores Brancários Europeus a 91 instituições bancárias europeias.

O provável aumento das cotizações sociais apresentado pelo Ministro da Saúde, Mars Di Bartolomeo, para diminuir o défice da Caixa Nacional de Pensões é outro dos temas abordados nas páginas interiores do Contacto.

O segundo lugar obtido pelo ciclista luxemburguês Andy Schleck na Volta a França, que terminou no domingo em Paris, é o tema em destaque nas páginas do Desporto.

Estas e outras notícias no jornal CONTACTO desta semana, o seu semanário em língua portuguesa no Luxemburgo.


Ainda não recebe o CONTACTO em casa?

Para receber o jornal gratuitamente (exclusivamente para residentes no Grão-Ducado), inscreva-se no site oficial do jornal em www.contacto.lu ou pelo tel. 4993-9393 (Departamento de Assinaturas).

terça-feira, 27 de julho de 2010

Portugal: Mulher de Saramago quer ser portuguesa e mudar-se para Lisboa

A jornalista espanhola Pilar del Rio, mulher do escritor José Saramago, pediu a nacionalidade portuguesa e espera mudar-se para Portugal depois do Verão, revelou a viúva do escritor segunda-feira à agência Lusa.

Pilar del Rio explicou à Lusa que requereu a nacionalidade há cerca de duas semanas e que tenciona mudar-se para Lisboa em Setembro, uma decisão que tinha sido bastas vezes conversada com José Saramago.

O Nobel da Literatura, que viveu desde os anos 1990 em Lanzarote, Espanha, morreu a 18 de Junho, aos 87 anos.

Quanto à casa que deixará em Lanzarote, assim como os objectos pessoais de Saramago, Pilar referiu que nada está ainda decidido quanto ao seu destino, mas a jornalista não descartou a hipótese da Casa dos Bicos, que vai ser a sede da Fundação Saramago, em Lisboa, acolher parte do espólio. É a essa mesma fundação que Pilar se quer dedicar no futuro, esperando que esteja "aberta à comunidade", como Saramago assim o desejou, em 2011.

Sobre a colocação das cinzas de Saramago perto da fundação, Pilar explicou que aguarda ainda autorização da parte da Câmara Municipal de Lisboa. As cinzas do escritor serão enterradas junto a uma oliveira que vai ser transplantada da terra natal de José Saramago, na Azinhaga do Ribatejo, para a frente da sede da instituição.

No Luxemburgo vai ser possível comprar casa, mesmo sem um financiamento inicial

O Governo luxemburguês quer criar um mecanismo de "arrendamento-venda", que permita comprar casa mesmo que o comprador não possua uma entrada inicial de dinheiro. Esta uma das medidas anunciadas recentemente pelo ministro da Habitação, Marco Schank, para facilitar a aquisição de casa própria.

O ministro veio dizer que está a preparar uma série de novas medidas para facilitar o acesso à propriedade por parte de privados sem, no entanto, adiantar quando estas medidas entrariam em vigor.

O mecanismo "arrendamento-venda" é um contrato que vai permitir àqueles que não dispõem de dinheiro para dar de entrada para uma habitação de comprar, ainda assim, casa própria. Em concreto, as pessoas em causa vão pagar todos os meses uma prestação, sendo que uma parte dessa prestação é para a renda e a outra parte é um contributo para a entrada inicial de uma casa. No final do contrato, este último montante será deduzido do preço de aquisição da habitação, que poderá então ser definitivamente comprada pelo arrendatário.

A "possível extensão" do subsídio de lar ("allocation loyer"), actualmente pago apenas aos beneficiários do RMG (Rendimento Mínimo Garantido), a outros beneficiários necessitados e um apoio financeiro temporário aos inquilinos ou proprietários que não possam pagar devido a problemas inesperados (desemprego, invalidez, divórcio, etc.) são outras medidas que o ministro prevê lançar brevemente.

Medidas que são consideradas bem-vindas numa altura em que os preços do imobiliário voltaram a subir desde o final de 2009 depois uma ligeiro recuo em 2008.

Doze incêndios devastam actualmente Portugal

Doze incêndios estavam activos esta madrugada em Portugal afectando sete distritos - Viana do Castelo, Aveiro, Braga, Porto, Setúbal, Viseu, Guarda -, onde estava mobilizados mais de 1.100 bombeiros.

Segundo a Autoridade Nacional da Protecção Civil, os incêndios em Brejos Carregueira, no concelho de Alcácer do Sal (Setúbal), Vila Chã de Sá, no concelho e distrito de Viseu, Rebordelo, no concelho de Santa Maria da Feira (Aveiro) e Quintas de Santo António, concelho de Sabugal (Guarda) são os que mais meios estão a mobilizar.

Fotos: Lusa

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Luxemburgo: Esch propõe oficinas artísticas para crianças

A autarquia de Esch/Alzette propõe quatro oficinas creativas de Verão para crianças dos seis aos 12 anos, entre 9 de Agosto e 4 de Setembro.

Os pais podem inscrever os seus filhos nas seguintes oficinas: ilusionismo, artes circenses (Circo), artes plásticas e oficina de "street dance" (dança urbana).

As actividades terão lugar no châpiteau do Teatro, actualmente instalado em Esch/Lallange.

As inscrições devem ser feitas na autarquia. Para mais informações, tel. 547383 ou no site www.esch.lu

Luxemburgo: ADEM muda de nome e quer ser mais eficaz

A ADEM vai mudar de nome. Deixará de ser Administração do Emprego para passar a ser Agência para o Desenvolvimento do Emprego ("Agence pour le Développement de l'Emploi", no original, em francês). Mas não perderá o seu estatuto de administração estatal. Os funcionários deixarão de ser “placeurs” e passarão a ser “conselheiros profissionais”.

A reforma da ADEM ainda não foi aprovada no Parlamento, o projecto-lei será apresentado apenas em Outubro.

Foram, no entanto, já nomeados os quatro membros de um novo comité director que tem por objectivo insuflar sangue novo na ADEM. Mariette Scholtus continuará a ser a directora administrativa, sendo esta direcção subdividida em três entidades com cada uma o seu director-adjunto.

As novidades da nova "ADEM"

- Na "nova" ADEM, os “placeurs” ou conselheiros profissionais passarão a dispor de mais tempo para cada desempregado, uma vez que 40 novos funcionários vão ser contratadas, a distribuir pelas agências em todo o país e já a pensar também nas novas agências que abrirão, a partir de Setembro, em Differdange, Dudelange e Wasserbillig.

- Outra das novas medidas é que deixará de ser necessário que os novos desempregados se apresentem três vezes antes de poderem ter um encontro com um conselheiro profissional.

- Da mesma forma, os que procuram emprego e que não são desempregados subsidiados, ou seja, dois terços das pessoas inscritas na ADEM, não terão que se apresentar de 15 em 15 dias, mas encontrar-se-ão com o seu conselheiro a um ritmo apropriado.

- Os desempregados cujo perfil corresponda apenas ligeiramente à oferta do emprego não serão enviados às empresas em causa para evitar, por um lado, defraudar as pessoas que procuram o emprego e, por outro, para não perder credibilidade face às empresas. P

- A nova Agência do Emprego deverá estabelecer ligações mais estreitas com as empresas. Depois do sucesso do projecto-piloto “fit4job”, que conta com a participação de profissionais do sector bancário para formar e guiar as pessoas que perderam o emprego nesse sector, a nova agência prevê alargar esse sistema aos sectores da construção civil e do comércio.

Foto: Guy Jallay

Luxemburgo: Ministro apresenta hoje pré-projecto de lei para reforma da Segurança Social - aumento das cotizações em vista

O ministro da Segurança Social Mars Di Bartolomeo apresenta hoje um pré-projecto de lei para a reforma da Caixa Nacional de Saúde (CNS), que regista actualmente um défice de 55 milhões de euros.

O ministro tinha há meses revelado algumas pistas de reflexão, uma das quais dizia respeito ao aumento das quotizações da segurança social entre os 0,15 % e os 20 % (a quotização é actualmente de 2,7 %) tanto por parte dos trabalhadores como das empresas.

O ministro quer ainda subir ou abolir o limite máximo quotizável que é de 8.624 euros, ou seja, o equivalente a cinco vezes o salário mínimo. Se este limite for abolido, os salários iguais ou superiores a este passam a pagar mais para as quotizações da segurança social, bem como as empresas onde esses assalariadoas trabalham.

Mars Di Bartolomeo diz que esta medida não afectaria as pequenas empresas e os trabalhadores com ordenados inferiores a esse valor.

Luxemburgo: Differdange organiza cursos de línguas em Outubro

A autarquia de Differdange organiza novos cursos de língua para adultos a partir de Outubro. São cursos de luxemburguês, francês, inglês, português e italiano em vários níveis, além de aulas de alfabetização.

Para mais informações, os ibnteressados podem contactar a autarquia pelo tel. 58 77 1-11 ou obter o folheto informativo junto dos serviços comunais.

As inscrições já começaram e podem ser feitas por internet em www.differdange.lu

Crioestaminal portuguesa compra laboratório espanhol e torna-se segunda empresa ibérica e terceira europeia do sector

A Crioestaminal adquiriu o laboratório espanhol Celvitae, passando a ser segunda empresa de criopreservação de células estaminais do cordão umbilical da Península Ibérica e com o objectivo de aumentar para 100 mil as amostras recolhidas até 2015.

Ao unir-se ao Celvitae, a Crioestaminal, que ocupa a terceira posição neste mercado a nível europeu, vai aumentar a sua base de amostras de células estaminais do cordão umbilical das atuais 35 mil para 37 mil.

Até 2015, a empresa que lidera o mercado da criopreservação de células estaminais em Portugal quer “chegar às 100 mil amostras”.

Nascida em 2003 como o primeiro banco português de criopreservação de células estaminais, a Crioestaminal está presente em Portugal, Espanha e Itália, ocupando atualmente a terceira posição neste mercado a nível europeu.

Primeiros transplantes de células estaminais começaram em 2007, com sucesso

Em 2007, foi realizado o primeiro transplante com células estaminais do cordão umbilical guardadas nos bancos da empresa a uma criança de 14 meses com imunodeficiência, que decorreu no IPO do Porto.

No âmbito de um ensaio clínico liderado pela médica oncologista norte-americana Joane Kurtzberg em 2009 foram realizados dois transplantes de células estaminais em crianças com paralisia cerebral, uma portuguesa e uma italiana.

Já em abril de 2010, duas crianças portuguesas com paralisia cerebral foram intervencionadas pela mesma médica norte-americano com recurso às suas células estaminais.

domingo, 25 de julho de 2010

Inglaterra: Encontrada estrutura semelhante ao Stonehenge a 900 metros deste monumento

Arqueólogos que estavam a escavar esta semana nas áreas envolventes do Stonehenge esta semana dizem ter encontrad as bases de uma segunda estrutura circular apenas a alguns metros do famoso monumento britânico.

Tal como o próprio Stonehenge, o propósito exacto desta estrutura continua um mistério. Mas esta é uma das muitas descobertas que estão a ser feitas naquele local das ilhas britânicas, o que permite aos investigadores afirmarem que o Stonehenge foi - em tempos - muito mais do que apenas um amontoado de pedras num campo deserto.

De acordo com o investigadores, esta descoberta “mostra realmente o quanto ainda há para aprender e quão extenso foi este espaço na realidade”.

As estruturas – um anel de buracos em volta de um conjunto de poços – estão diante do Stonehenge, a cerca de 900 metros de distância, segundo a equipa de investigação da Universidade de Birmingham, dirigida pelo professor de Arqueologia Vince Gaffney. Os poços, há muito tempo cheios de terra, provavelmente foram escavados para segurar o círculo de postes de madeira, explicou Gaffney.

“É madeira semelhante à do Stonehenge”, afirmou o professor à BBC, acrescentando que este foi “o maior monumento de ritual” encontrado naquela área nos últimos 50 anos, apesar de o tipo de cerimónias que ali tiveram lugar continuar por desvendar.

O equivalente mais próximo está provavelmente perto do Woodhenge, um monumento que foi composto por seis anéis de madeira cercados por um aterro.

Em escavações neste local, feitas na década de 1970, os investigadores encontraram o corpo de uma criança cujo crânio tinha sido aberto e enterrado no centro do monumento, o que indicia a possibilidade de se ter tratado de um sacrifício humano.

sábado, 24 de julho de 2010

Portugal/Prémios Talento: Aníbal Coimbra distinguido

O halterofilista luso-luxemburguês Aníbal Coimbra venceu esta noite o prémio Talento, na categoria de Desporto, galardão atribuído pelo Governo português aos seus cidadãos que vivem na diáspora.

Aníbal Coimbra foi distinguido pelas suas qualidades de atleta halterofilista, tendo vindo a acumular títulos na modalidade de Powerlifting.

Esta é a segundo vez que a uma inidvidualidade da comunidade portuguesa do Luxemburgo é distinguida com este prémio, sendo também a segunda vez que isso acontece na área desportiva. O ano passado, o galardão foi trazido pela primeira vez para o Luxemburgo pela jovem karateca Letícia Ferreira.

APL e Lino Galvão deixam escapar galardões

Pelo Luxemburgo concorriam ainda a estes prémios a associação Amizade Portugal-Luxemburgo, na área do associativismo, e Lino Galvão, na categoria Artes Visuais.

A APL, que foi finalista pelo segundo ano consecutivo, viu o galardão escapar-lhe para a Associação Portuguesa Cultural e Social de Pontault-Combault, de França, distinguida pelas acções sociais de relevo que desenvolve, pela promoção de animações socioculturais, actividades para jovens e cursos de língua portuguesa que organiza.

Por seu lado, o artista plástico Lino Galvão, autor, por exemplo, da escultura "L'homme qui marche", que pode ser vista no recinto do Hospital de Esch/Alzette, viu o prémio na sua categoria ser atribuído a Benjamin Marques, pintor que havia sido escolhido em 1998 para representar a França na Exposição Mundial de Lisboa.

Esta foi a primeira vez que o Luxemburgo contou três finalistas aos Prémios Talento, já que nas três edições anteriores tinha sido representado sempre por dois nomeados.

A gala dos Prémios Talento decorreu esta noite no Convento do Beato, em Lisboa e distinguiu ao todo 12 portugueses das comunidades, que se distinguiram em áreas tão variadas como a ciência, a comunicação social, a divulgação da Língua Portuguesa, o meio empresarial, as humanidades, a literatura, a política e as profissões liberais. Entre os 36 finalistas dos mais de 100 candidatos à quarta edição dos Prémios Talento 2009, contavam-se professores, deputados, jornalistas, artistas plásticos, cientistas e desportistas.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Zona Euro: Bancos portugueses e luxemburgueses passam testes de stress

A solidez dos quatro instituições financeiras portuguesas - BCP, BPI, CGD e Espírito Santo Financial Group - analisadas pelo Comité de Supervisores Bancários Europeu (CEBS) foi avaliada com nota positiva, revelou hoje o Banco de Portugal.

"Os quatro grupos bancários portugueses revelaram um elevado grau de resistência ao cenário adverso. Todos os grupos bancários apresentam rácios de capital Tier 1 superiores a 6 por cento em 2010 e 2011, apesar de uma significativa redução nos níveis de rendibilidade e solvabilidade no cenário adverso, por comparação com o cenário de referência", informou hoje em comunicado o Banco de Portugal.

De acordo com as conclusões do supervisor bancário, "o exercício não implica medidas de recapitalização no caso dos bancos portugueses".

Os resultados dos testes de resistência realizados a 91 bancos da zona euro, incluindo quatro portugueses - que correspondem a cerca de 74 por cento do sistema bancário nacional -, foram hoje divulgados pela entidade liderada por Carlos Costa, após o fecho do mercado bolsista.

"Os cenários de referência e adverso foram desenvolvidos pelo CEBS, em estreita cooperação com o BCE [Banco Central Europeu] e com a Comissão Europeia, e incluem uma combinação de choques adversos em termos de risco de mercado e de crédito, incluindo o risco soberano, para os anos 2010 e 2011", explicou o supervisor da banca portuguesa.

O Banco de Portugal referiu também que "o ponto de partida do exercício no que diz respeito a informação contabilística e prudencial é Dezembro de 2009".

Os mercados financeiros solicitaram a publicação destes testes para que se conheça a exposição dos bancos europeus à dívida da Grécia e outros países da zona do euro.

O objectivo foi analisar a resistência do sector bancário europeu e a capacidade que os bancos têm de suportar condições adversas e riscos nos mercados financeiros.

Bancos do Luxemburgo passam com distinção


Os dois únicos bancos do Luxemburgo sujeitos a estes testes de stress, o BCEE (Banque et Caisse d'Epargne de l'Etat) e o banco Raiffeisen passaram este exame com distinção, muito acima dos cenário de crise.

Sete bancos europeus falham stress-test

O banco alemão Hypo Real Estate Holdings, totalmente nacionalizado, o Agricultural Bank of Greece (ATEbank), e as "cajas" espanholas Diada, Cajasur, Espiga, Unnim e Banca Cívica foram as instituições que falharam nos testes hoje divulgados.

iPad à venda a partir de hoje em cinco lojas no Luxemburgo

Terminou a longa espera. A partir de hoje os fãs da Apple no Luxemburgo também já podem comprar o seu iPad, um novo "brinquedo" tecnológico que dispõe de ecrã táctil que combina as funções de um computador com as de um leitor multimédia.

O site da Apple informa que cinco lojas disponibilizam o iPad no Grão-Ducado:
as lojas Lineheart, na cidade do Luxemburgo, em Esch/Alzette e no City Concorde, em Bertrange; o Computer Home, na Belle Etoile, também em Bertrange; e o Saturn, no BelvalPlaza, em Esch-Belval.

As vendas do iPad atingiram as três milhões de unidades comercializadas após 80 dias no mercado. Esta inesperada procura no mercado americano obrigou a Apple a adiar por um mês o lançamento do iPad no mercado internacional. O Ipad começou a ser comercializado nos Estados Unidos a 3 de Abril. No final de Maio chegou ao Japão, à Austrália, ao Canadá e a seis países europeus: França, Grã-Bretanha, Suíça, Alemanha, Itália e Espanha.

O Luxemburgo faz parte da segunda leva de paises onde o iPad começa a ser comercializado a partir de hoje, a par com a Áustria, Bélgica, Hong Kong, Irlanda, México, Holanda, Nova Zelândia e Singapura.

Quanto ao mercado português, não há qualquer indicação sobre a chegada do novo aparelho da sociedade de Steve Jobs.

Luxemburgo: Concurso melhor graffiti 2010 este sábado em Hollerich


O Undergroud project e o Service Nationale da Jeunesse organizam amanhã, no skatepark de Hollerich, o "Rebounce Full Colors", concurso para o melhor graffiti nacional 2010.

Os cinco melhores graffitis nacionais (More, Nask, Dier, Mint e Stick) concorrem entre si sobre um tema específico.

A partir do meio-dia estarão à disposição ateliers para pequenos e graúdos que com a ajuda de profissionais poderão dar os primeiros passos e asas à imaginação nesta arte de pintura criativa.

Luxemburgo: Piscina de Oberkorn acolhe 9a edição da Pool party no próximo domingo


A piscina de Oberkorn vai acolher, no domingo, a partir das 13h, a nona edição da Pool party.
A festa vai ser animada pelo DJ Raymond e, a partir das 15h, pelo grupo Toxic.

O bar vai estar aberto toda a tarde e a segurança do público ficará a cargo dos vigilantes e nadadores-salvadores de Differdange.
O encerramento está previsto para as 20h.

Luxemburgo procede a recenseamento da população em Fevereiro de 2011

Prepare-se para receber os técnicos do Statec em Fevereiro de 2011. O instituto de estatísticas do Luxemburgo procede nessa altura a um recenseamento (contagem) geral da população do país, o que só acontece de dez em dez anos.

Os técnicos do Statec vão deixar a ficha de recenseamento na semana que precede o dia 1 de Fevereiro e passam alguns dias depois para a recuperar, devidamente preenchida. Para quem tenha dificuldade em preencher o documento, os técnicos disponilizam-se para o auxiliar na tarefa.

O recenseamento é obrigatório para todos os habitantes do Luxemburgo. "Quem não o fizer pode incorrer em coimas que variam entre os 250 e os 2.500 euros", avisam os responsáveis do Statec. Os dados pessoais de cada recenseado são confidenciais.

Recenseamento por internet

Pela primeira vez os habitantes vão poder fazer o seu recenseamento pela internet, na condição de serem possuidores de um cartão electrónico LuxTrust.

Statec vai também recensear todos os alojamentos, habitados ou não

Esta será também a primeira vez que o Statec procederá a um recenseamento de todos os alojamentos do Grão-Ducado, habitados ou não.

Os primeiros resultados deverão ser divulgados até 2011.

No próximo ano, o recenseamento da população vai realizar-se em todos os estados-membros da União Europeia. Uma contagem da população terá igualmente lugar na Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça.

Esta noite: Luxemburgo com três finalistas aos Prémios Talento

O artista Lino Galvão, a associação Amizade Portugal-Luxemburgo (presidida por Guy Reger) e o halterofilista Aníbal Coimbra são os três nomeados do Luxemburgo nos Prémios Talento 2010.

Os três fazem parte da lista dos 36 finalistas seleccionados entre as mais de 100 candidaturas apresentadas para os Prémios Talento deste ano,

É a primeira vez que o Luxemburgo aparece com três nomeações, tendo sido nas três edições anteriores representado por dois finalistas.

Lino Galvão é um dos três nomeados na categoria Artes Visuais e tem como competidores Luís Pereira Geraldes, da Austrália, e Benjamim Marques, de França. A APL tem compete com a Associação Portuguesa Cultural e Social de Pontault-Combault, de França, e a Luso-Canadian Charitable Society, na categoria Associativismo. Em Desporto, Aníbal Coimbra tem como adversários a atleta Tatjana Lofamakanda Pinto, da Alemanha, e o ciclista Michaël d'Almeida, de França. Apesar de a comunidade portuguesa residente neste país contar sempre vários nomeados desde que estes prémios foram criados, em 2007, a karateca portuguesa residente no Grão-Ducado Letícia Ferreira foi a primeira a trazer o troféu para o Luxemburgo no ano passado.

A APL é nomeada pelo segundo ano consecutivo.

A gala dos Prémios Talento decorre esta noite no Convento do Beato, em Lisboa, e será transmitida em directo pela RTP, RTP Internacional, RTP África e RDP Internacional.

Doze portugueses no estrangeiro vão ser distinguidos esta noite na gala dos Prémios Talento

Doze portugueses residentes no estrangeiro que se destacaram em áreas como a política, o desporto ou as artes vão ser hoje distinguidos pelo Governo numa cerimónia que vai decorrer no Convento do Beato, em Lisboa.

Entre os 36 finalistas dos mais de 100 candidatos à quarta edição dos Prémios Talento 2009, contam-se professores, deputados, jornalistas, artistas plásticos, cientistas e desportistas.

Numa iniciativa da Secretaria de Estado das Comunidades, os Prémios Talento pretendem distinguir portugueses e luso-descendentes residentes no estrangeiro que se notabilizaram durante o ano em áreas como Artes do Espetáculo (cinema, teatro, música e interpretação), Artes Visuais, Associativismo, Ciência e Comunicação Social.

Desporto, Divulgação da Língua Portuguesa, Meio Empresarial, Humanidades, Literatura, Política e Profissões Liberais são os outros setores distinguidos.

O júri, presidido por Maria Barroso, escolheu os três finalistas por cada categoria e o vencedor de cada uma delas, que será anunciado hoje.

A gala dos Prémios Talento decorre no Convento do Beato, em Lisboa, e será transmitida em direto pela RTP, RTP Internacional, RTP África e RDP Internacional.

Luxemburgo: RIM asbl propõe cursos de informática em português em Echternach, Larochette e Stegen

A associação RIM abriu novas inscrições para cursos de informática em português que serão ministrados em Echternach, Larochette e Stegen.

Os cursos propostos:

- Excel 1, em português, "tableur" para iniciantes (8x2 horas = 100 euros), em Echternach, de 29 de Setembro a 24 de Novembro, 20h-22h; em Larochette, de 2 de Outubro a 4 de Dezembro, 9h–11h;
- Introdução ao PC 1, em português, conhecimentos básicos (8x2 horas = 100 euros), em Echternach, de 28 de Setembro a 23 de Novembro, 20h-22h; em Larochette, de 6 de Outubro a 1 de Dezembro, 19h30-21h30;
- Publisher, em português, criar convites e cartões (3x2 horas = 50 euros), em Echternach, de 1 a 8 de Dezembro, 20h-22h.
- Word 1, em português, tratamento de texto para iniciantes (8x2 horas = 100 euros), em Larochette, de 21 de Outubro a 16 de Dezembro, 19h30-21h30; em Stegen, de 28 de Setembro a 23 de Novembro, 19h30-21h30.

A associação RIM fica situada no n° 30, route de Wasserbillig, em Echternach, e está aberta entre as 8 e as 12h. Para mais informações pode contactar a RIM pelo tel. 26 72 16 31/621 543 156 (ou pelo email info@rim.lu).

As inscrições devem ser pagas por transferência bancária para a conta CCPL IBAN LU22 1111 2401 9826 0000, em nome da RIM asbl.

Para mais informações em português, tel. 691 302 692

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Luxemburgo aprova novas medidas para apoiar os desempregados de longa duração

Ajudar os desempregados de longa duração e os que têm mais de 45 anos de idade é o objectivo de uma nova lei que o Governo luxemburguês adoptou na semana passada.

Em Março deste ano, mais de um terço dos desempregados inscritos na Administração do Emprego (ADEM) estavam à procura de emprego há mais de 12 meses. Ao fenómeno preocupante do aumento da duração da situação de desemprego junta-se o facto de uma boa parte destas pessoas terem mais de 50 anos de idade e correrem o risco de perderem os seus direitos. O Governo decidiu, por isso, intervir antes que essas pessoas se encontrem em situação precária.

As medidas aprovadas, a 14 de Julho no Parlamento, têm por objectivo amortecer as consequências da crise económica no mercado do trabalho. E visam principalmente proteger as pessoas mais expostas, como os desempregados que têm dificuldades em reintegrar o mercado do trabalho ou os assalariados em risco de desemprego quando a empresa onde trabalham começa a dar mostras de dificuldades financeiras.

O que muda?

O dispositivo baseia-se simultaneamente em alterações temporárias e permanentes. O regime de reintegração no mercado do trabalho foi revisto sob a forma de uma “ocupação temporária indemnizada”. Os desempregados de longa duração que seguirem este programa recebem um maior remuneração e terão direito a horas de trabalho mais flexíveis. As medidas temporárias que dizem respeito ao desemprego parcial e aos desempregados, são, quanto a elas, limitadas a dois anos. As condições específicas para se poder recorrer ao desemprego parcial, introduzidas no momento mais forte da crise em 2009, vão ser reconduzidas.

“Uma empresa vai poder também fazer um pedido de desemprego parcial mesmo no caso de o seu sector de actividade não estar todo em crise”, explica o relator do projecto-lei, o socialista Roger Negri (LSAP). Para aligeirar os custos das empresas em crise, os fundos para o emprego poderão assumir a parte patronal das cotizações, no caso de a empresa recorrer ao desemprego parcial há mais de seis meses.

No que respeita aos desempregados, as pessoas com mais de 45 anos poderão, a partir de agora, beneficiar de um prolongamento de seis meses dos seus subsídios de desemprego, na condição de terem pelo menos 20 anos de descontos para a reforma e estarem na situação de despedimento económico. Até aqui, esta situação beneficiava apenas os que tinham mais de 50 anos de idade.

Luxemburgo: Cinco polícias feridos em briga com hooligans suecos

Na terça-feira à noite um grupo de cerca de 50 adeptos suecos da equipa de futebol do AIK Solna de Estocolmo cometeu vários actos vandalismo nas ruas do bairro da Gare, na capital, envolvendo-se em confrontos com a polícia, no que resultou em cinco agentes feridos.

Cerca de 300 adeptos suecos deslocaram-se ao Grão-Ducado no iníco da semana para assistir ao jogo da sua equipa com a Jeunesse de Esch, encontro a contar para a segunda volta da pré-eliminatória para a Liga dos Campeões.

Na terça-feira à noite, véspera do jogo, a polícia tinha como missão enquadrar os adeptos suecos e evitar distúrbios. Numa horda barulhenta e desordeira, grupos de suecos invadiram o bairro da Gare, na cidade do Luxemburgo, gritando e cantando no meio da estrada. A polícia afinou quando os adeptos começaram a lançar latas e garrafas de cerveja ao chão e aos automóveis estacionados, a saltar sobre estes, danificando alguns deles.

Um grupo de adeptos entrou num bar, pronatmente seguidos por alguns agentes. Não suportando a presença da polícia, o grupo começou por insultar os agentes. A coisa degenerou em confronto físico e até as cadeiras e as mesas voaram. Depois da chegada de reforços policiais, os agentes conseguiram controlar a situação e deter 12 agressores. Entretanto, uma dezena de outros hooligans tinham saído do bar e começado a provocar distúrbios.

Depois de passaram diante do juiz do Tribunal do Luxemburgo ainda na terça-feira à noite, cinco hooligans ficaram detidos, acusados de revolta em bando, ataque com ferimentos a agentes da autoridade e destruição voluntária de propriedade alheia.

Ontem, quarta-feira, dia do jogo, a autarquia de Esch/Alzette aconselhou os moradores vizinhos do estádio de la Frontière, em Esch, a não deixarem os seus carros estacionados na rua.

No entanto, quiçá escaldados pela decisão do juiz luxemburguês ou ainda ressacando da véspera, os adeptos suecos estiveram mais calmos e o jogo com a Jeunesse decorreu sem incidentes de maior.

O jogo terminou com um empate 0-0 que ditou a eliminação da Jeunsse e acabou com as suas aspirações na Liga dos Campeões.

Zona Euro: Crescimento da economia acelerou em Julho

O crescimento económico nos 16 países da zona euro acelerou em Julho pela primeira vez nos últimos três meses, revela o índice PMI, que reúne as indicações dos gerentes de compras. O indicador melhorou em Julho, para 56,7 pontos, quando no mês anterior se situou em 56 pontos. Qualquer resultado acima dos 50 pontos indica crescimento económico.

O indicador PMI é elaborado pelo instituto de investigação Markit, com sede em Londres.

Luxemburgo: Novo sistema de bolsas para estudantes entra em vigor em Setembro

O novo sistema de bolsas e ajudas financeiras para estudantes foi aprovado a 14 de Julho no Parlamento luxemburguês com os votos da maioria cristã-social/socialista CSV-LSAP. Os partidos da oposição tentaram que a votação fosse adiada para Outubro, considerando que o texto legislativo foi preparado "de forma precipitada" e é "socialmente injusto" (ver caixa). O ministro do Ensino Superior, François Biltgen responde que o mais importante é "não perder um ano académico".

Segundo Lucien Thiel, deputado cristão-social (CSV) e relator do projecto-lei, oito mil jovens e 100 voluntários deverão recorrer a este novo sistema de ajudas, que custará ao Estado 55 milhões de euros. Isto significa mais 38 milhões de euros em relação ao sistema até agora vigente. Mas tendo em conta a supressão dos abonos de família ("allocations familiales") para os jovens com mais de 21 anos, o Estado vai mesmo assim poupar 36 milhões de euros.

Como pedir a bolsa?

Para ter acesso a estas bolsas, os estudantes devem pedir os formulários junto do CEDIES (Centre de documentation et d’information sur l’enseignement supérieur, tel. 24 78 86 50 ou em www.cedies.public.lu), uma vez que o novo sistema começa a ser aplicado no ano lectivo que se inicia em Setembro.

"Os prazos para receber os financiamentos são curtos", salienta Dominique Faber, do CEDIES, que aconselha os estudantes a preencherem os formulários o mais rapidamente possível. Aquela responsável calcula que para os pedidos entregues em Agosto e Setembro poderá ser feito um primeiro pagamento no prazo de uma semana. Mas, para os pedidos feitos posteriormente, os prazos para os pagamentos poderão demorar até um mês. A data limite para pedir o formulário é 31 de Outubro e para entregar o formulário devidamente preenchido é 30 de Novembro.
Para além do formulário, são necessários quatro outros documentos: o certificado de inscrição na universidade, uma factura dos custos de inscrição (propinas) já pagos, um certificado de residência no Luxemburgo e um certificado de "affiliation" passado pelo Centro Comum da Segurança Social (Centre commun de la sécurité social, que pode ser pedido através do site internet www.ccss.lu).

"O sistema foi muito simplificado", afirma Dominique Faber. A partir de agora, a situação financeira dos pais deixa de ser tida em conta, o que faz com que toda uma série de documentos até aqui requeridos deixem de ser necessários.

O montante das bolsas é de 6.500 euros, aos quais se junta um empréstimo que pode chegar aos 6.500 euros. Ou seja, cada estudante poderá beneficiar de uma bolsa total de 13 mil euros por ano. Este montante é válido para os estudantes que não dispõem de rendimentos (95 % dos casos), sendo que os empregos de Verão não são considerados para o cálculo. Para além da bolsa, metade das propinas podem ser reembolsadas através de um aumento da bolsa e outra metade através de um aumento do empréstimo. Por exemplo, um estudante que tenha de pagar 2.000 euros de propinas receberá 7.500 euros de bolsa e poderá pedir um empréstimo até 7.500 euros.
As propinas são reembolsadas até um máximo de 3.700 euros.

F.Pinto
Foto: Marc Wilwert

Portugal: Petição para cortar salários dos gestores públicos entre 20% e 80% e acabar com bónus hoje entregue na AR

Uma petição com 4.700 assinaturas que propõe cortes entre 20% e 80% nos salários dos gestores públicos e a eliminação de todos os bónus e prémios é hoje entregue na Assembleia da República, segundo um dos subscritores.

“Além da petição salários, bónus e prémios dos gestores públicos, vamos ainda apresentar um requerimento sobre o mesmo tema a entregar a todos os grupos parlamentares”, afirmou à Lusa o advogado António Martins Moreira, primeiro signatário daquela petição.

Os subscritores consideram que o “tecido social” nacional apresenta “injustas, graves e preocupantes assimetrias” e tem cerca de dois mil pobres e cerca 200 mil que vivem abaixo do limiar de pobreza, o que consideram uma “humilhação” para os próprios e “uma vergonha” para todos os portugueses.

“Paralelamente constituiu-se uma abastada classe de gestores públicos que vêm auferindo elevadíssimos salários, bónus e prémios com eles conexos, pagos com dinheiros públicos, como é público e notório, assumido, em casos pontuais, verdadeiros escândalos”, lê-se na petição, disponível na internet.

Alegando responderem a “um imperativo de consciência cívica e de pura cidadania”, os subscritores solicitam aos deputados uma “revisão” dos salários dos gestores das empresas públicas e/ou com participação de capitais públicos.

Em finais de Junho, o governo português havia anunciado, como medida de austeridade integrada no Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) , uma redução de 5% nos salários dos políticos e gestores públicos.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Luxemburgo: Fernanda Quintas expõe no Marx

Fernanda Quintas tem patente ao público, no bar Marx, em Hollerich, na cidade do Luxemburgo, uma exposição de pintura. A mostra pode ser vista até 16 de Agosto.

Com uma formação de base de decoradora e desenhadora de construção civil, feita no Lycée des Arts et Métiers, no Luxemburgo, a artista de 36 anos, natural do Gerês, procurou a sua vocação igualmente na fotografia, mas é na pintura que se completa.

"Desde sempre pintei. Apesar de ter tentado outras áreas, é nesta que me sinto bem. Hoje em dia, é tudo informatizado, o que faz perder muito do encanto de outrora", considera. A pintora deseja, acima de tudo, poder fazer carreira no mundo artístico, impôr-se enquanto pintora.,

Em apenas alguns dias a artista confia ter vendido já quadros e revela que o entusiasmo que sentiu da parte de muitos visitantes deram-lhe a ideia de abrir um blogue proximamente, em que vai poder apresentar a um público mais vasto os seus trabalhos.

O Marx Bar fica situado no n. 42-44, rue de Hollerich, na capital. Para qualquer informação adicional, pode entrar em contacto com a artista através do correio electrónico fquintas@internet.lu ou pelo tel. 621 251 225.

Sabrina Sousa
Foto: Manuel Dias

Michael Pinto: "Quero chegar à equipa principal do Sporting"


Distinguido no ano passado pela Academia do Sporting com o diploma de "melhor esquerdino" de todas as categorias da formação do clube, Michael Pinto vai integrar os juniores "A" da equipa leonina. O português nascido no Luxemburgo tem como objectivo chegar à equipa sénior dos "leões".

Michael Gonçalves Pinto apresentou-se a 6 de Janeiro de 2008 na Academia de Futebol de Alcochete para integrar a família leonina, o que constituiu a realização de um sonho que o jovem jogador perseguia desde que começou a dar os primeiros pontapés na bola.

A progressão foi rápida ao ponto de ter chegado a internacional sub-17 num jogo disputado em Inglaterra, frente à Roménia, no qual marcou um dos golos da vitória (3-1) lusitana.
"Ter representado Portugal foi um dos sonhos que já consegui realizar", começou por dizer o promissor jogador da Academia de Alcochete ao CONTACTO.

Mas o valor do jovem português já ultrapassou as fronteiras portuguesas. O recente interesse de clubes como o Liverpool ou o Inter de Milão valorizou Michael Pinto, que confessa: "O Liverpool queria que eu assinasse um contrato no dia 25, mas estou ligado ao Sporting e o clube não me deixou sair", explica. "Sinto-me bem na Academia de Alcochete. A minha evolução tem sido muito boa e por isso estou muito empenhado em chegar à equipa principal do Sporting. Quero entrar no mundo profissional. Esse é o meu grande objectivo para ter boas perspectivas de uma grande carreira no futebol de alto nível", garante".

Actual vice-campeão nacional de juvenis, Michael Pinto lamentou a decepcionante época realizada pelo Sporting.
"Os maus resultados da equipa principal acabam por prejudicar também o sector de formação do clube. Como o Sporting é uma equipa que aposta em jovens da Academia, se os resultados forem maus, a chamada de jogadores da casa à equipa sénior será mais difícil. Se tudo correr bem, a aposta mantém-se", sublinha. "Espero que o Paulo Sérgio continue a olhar para os jovens da formação como fazia o Paulo Bento.

No entanto, o clube do coração do extremo esquerdo é o Benfica. Michael Pinto confessa que "se o Benfica me quisesse na equipa principal, eu não hesitava".
Após dois na Academia de Alcochete, Michael Pinto faz um balanço bastante positivo da sua estadia no centro de estágio leonino. "Senti uma grande evolução como jogador a nível técnico, táctico, físico e também a nível da mentalidade, que é muito importante", confessa o jogador natural de Diekirch.

"O nível competitivo em Portugal é muito mais elevado e exigente que no Luxemburgo. Gosto muito deste país, não esqueço os meus familiares e amigos mas, neste momento, estou numa das melhores escolas de futebol da Europa".
Quanto a uma "aventura" num clube estrangeiro de nomeada como tem acontecido com alguns dos nossos jovens talentos, Michael sorriu e rematou: "É um caso para se ver".

Á. Cruz

Luxemburgo: Banco HSH despede 74 pessoas

Os despedimentos continuam no sector bancário. Ontem foi a vez do banco de Hamburgo, o HSH Nordbank, anunciar que vai despedir 74 pessoas, num total de 168 que o grupo emprega no Luxemburgo. O HSH vai ainda pôr à venda duas das suas filiais no Grão-Ducado.

O banco vai vender nomeadamente a HSH Nordbank Securities SA e a HSH Nordbank AG Luxembourg Branch, especializadas respectivamente na gestão de fortuna e nos fundos de investimento.

Desde o início da crise financeira em 2008, foram já anunciados os despedimentos de mais de um milhar de pessoas deste sector no Luxemburgo.

Luxemburgo: Passagem de nível e zona comercial são prioridades para Schifflange

A supressão das barreiras da passagem de nível do caminho-de-ferro que divide a localidade de Schifflange ao meio e a construção de uma zona comercial são os principais projectos que a edilidade apresentou numa recente reunião do conselho comunal e que deverão vir a tornar-se realidade em 2011 e 2012, respectivamente.

Apesar dos cortes orçamentais apresentados pelo Governo, o burgomestre de Schifflange, Roland Schreiner, viu confirmada por parte do Estado luxemburguês a realização dos projectos de supressão das barreiras do caminho-de-ferro que dividem a localidade – para executar a partir de 2011 – e que implica também a construção de novos acessos rodoviários à cidade, orçados em cerca de 15 milhões de euros.

Quanto à construção da nova zona comercial "op Herbett", que poderá acolher cerca de 50 comércios e empresas, o plano de ordenamento do território deverá ser votado dentro de um ano, prevendo-se que o projecto possa ser lançado até 2012.

Luxemburgo: Arguidos no caso do acidente áereo da Luxair interpõem recurso

Os sete arguidos no caso do acidente do Fokker da Luxair de 6 de Novembro de 2002 recorreram da decisão da Câmara do Conselho do Tribunal da cidade do Luxemburgo que considerou haver indícios suficientes para serem considerados responsáveis pelo desastre aéreo.

Os sete arguidos são: o comandante de bordo do Fokker 50, Claude Poeckes, três antigos directores-gerais da Luxair (Roger Sietzen, de 1992 a 1998, Jean-Donat Calmes, de 1998 a 2000, e Christian Heintzmann, de 2000 a 2002), o antigo director do serviço técnico e dois antigos mecânicos.

Na manhã de 6 de Novembro de 2002, às 10h10, um Fokker 50 da Luxair despenhou-se num descampado perto de Niederanven quando se aproximava do aeroporto do Findel.

O acidente causou 20 mortos, incluindo uma hospedeira de origem portuguesa.

Luxemburgo: Reunião de fim de época no CASA

O Centro de Apoio Social e Associativo (CASA) convoca as associações afiliadas esta quinta-feira, 22 de Junho, às 20h, na sua sede (15, Montée de Clausen), na capital, para uma reunião que visa fazer o balanço das actividades organizadas nos últimos 12 meses e preparar a agenda para a rentrée e para 2011.

Luxemburgo: Torneio de skate e BMX, em Schifflange, dias 24 e 25

O novo skateparque de Schifflange recebe no fim-de-semana de 24 e 25 de Julho um torneio de skate e BMX.

Os concorrentes competem entre si em três categorias: BMX Street, Skateboard Street e Pool. Este torneio é uma organização da associação Red Rocks, em colaboração com os municípios de Schifflange e Esch/Alzette.

Inscrições e mais informações no site da organização em www.red-rocks.lu

Destaques da edição de 21 de Julho de 2010 do semanário CONTACTO

Os jovens imigrantes são as maiores vítimas de exclusão. Esta a manchete da edição de hoje do CONTACTO. O primeiro relatório sobre a situação dos jovens no Luxemburgo indica que a progressão social dos filhos de imigrantes é mais difícil e que a escola luxemburguesa, não adaptada à realidade da população escolar, faz com que os jovens da imigração continuem a sair da escola com menos qualificações do que os seus colegas luxemburgueses.

O artista plástico Lino Galvão, a associação Amizade Portugal-Luxemburgo e o halterofilista Aníbal Coimbra são os três nomeados do Luxemburgo aos Prémios Talento 2010. Este o outro destaque da nossa primeira página de hoje. É a primeira vez que o Luxemburgo tem três nomeados a estes galardões que visam distinguir os portugueses das comunidades. A gala dos Prémios Talento acontece sexta-feira em Lisboa e é transmitida em directo pela RTP internacional.

Nesta edição, debruçamo-nos ainda sobre duas das medidas na área social tomadas recentemente pelo Governo luxemburguês. O aumento de apoios aos desempregados de longa duração e às pessoas que procuram emprego e que têm mais de 45 anos é uma delas. A outra medida diz respeito ao aumento do valor das bolsas para estudantes. Embora à primeira vista esta última pareça uma boa decisão, recorde-se que é uma compensação ao facto de o Executivo ter decidido cortar os abonos de família para os filhos com mais de 21 anos. Oposição e sindicatos acusam a medida de ser discriminatória ao deixar de fora os filhos dos trabalhadores fronteiriços que ainda se encontrem a estudar.

No desporto, destaque para o desempenho do luxemburguês Andy Schleck na Volta a França em Bicicleta e para a equipa do Hamm Benfica que recebe sexta-feira a selecção do Irão para um jogo particular.

Estas e outras notícias no jornal CONTACTO desta semana, o seu semanário no Luxemburgo.


Ainda não recebe o CONTACTO em casa?

Para receber o jornal gratuitamente (exclusivamente para residentes no Grão-Ducado), inscreva-se no site oficial do jornal em www.contacto.lu ou pelo tel. 4993-9393 (Departamento de Assinaturas).