domingo, 25 de março de 2012

Luxemburgo: Aguarelas do Alentejo no Instituto Camões

Luís Ançã vai expor no Luxemburgo 20 desenhos sobre o Alentejo. A mostra chama-se "Sketching Alentejo" (desenhando o Alentejo), e reúne trabalhos a aguarela e tinta-da-china feitos no local, de uma forma que captura o instante.

Luís Ançã faz parte dos "urban sketchers", um grupo de desenhadores urbanos que vivem segundo o lema "descobrir o mundo, um desenho de cada vez". Armados de simples cadernos, estes desenhadores capturam em traços rápidos aquilo que vêem no dia-a-dia.

Desta vez, a pensar nesta exposição, Luís Ançã trocou o caderno por folhas de papel de aguarela. Mas garante que a abordagem é a mesma. "A diferença está apenas no suporte, a abordagem é a mesma. Qualquer suporte é bom para trabalhar, tudo depende do que se pretende fazer", disse ao POINT24 o professor de artes plásticas.

O resultado é um roteiro a traços rápidos das paisagens e tradições alentejanas, da praça do Giraldo, em Évora, aos mercados de Estremoz.

Esta é a segunda vez que Luís Ançã expõe no Luxemburgo, depois de cá ter estado com a exposição "Histórias do Alentejo", em 2003.

A exposição é inaugurada a 29 de Março, às 18h30, e pode ser vista até 19 de Abril, no Instituto Camões. A entrada é gratuita.

Texto: P.T.A.

Sem comentários:

Enviar um comentário