segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Morreu o presidente da Guiné-Bissau

Bacai Sanhá morreu esta segunda-feira, aos 64 anos

O Presidente guineense, Malam Bacai Sanhá, de 64 anos, morreu esta segunda-feira no hospital militar de Val de Grâce, em Paris, onde estava internado desde finais de Novembro de 2011.

O chefe de Estado guineense padecia de diabetes e de problemas cardíacos. Tinha voltado a ser hospitalizado pouco antes do Natal e esteve em coma durante muito tempo.

O desaparecimento de Sanhá levanta preocupações de natureza política devido à frágil estabilidade do país. Eleito em 2009 para um mandato de cinco anos, Malam Bacai Sanhá, era o quarto Presidente da República, tendo o seu mandato sido condicionado por problemas de saúde e frequentes internamentos, quer em Dacar (Senegal), quer em Paris.

Relembre-se que, já com Sanhá ausente, a 26 de Dezembro ocorreu em Bissau uma acção militar contra a sede do Estado-maior e duas outras unidades, que culminou com a detenção do chefe da Armada, Bubo Na Tchuto. Um membro das forças de segurança foi morto e outros três ficaram feridos. O Governo qualificou o sucedido de “tentativa de golpe de Estado”.

A presidência interina deve, segundo a Constituição, ser assumida por Raimundo Pereira, presidente da Assembleia Nacional. As eleições presidenciais devem realizar-se no prazo de 90 dias.
O comunicado divulgado pela Presidência acrescenta que as cerimónias das exéquias fúnebres “serão oportunamente comunicadas pelas autoridades competentes".

Sem comentários:

Enviar um comentário